Estudo para o cargo de juiz do trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 70 (17466 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMO SE PREPARAR PARA CONCURSO PÚBLICO DE JUIZ DO TRABALHO? PRIMEIRAS LINHAS SOBRE UM ASSUNTO DELICADO.


Mauro Schiavi[1]
1)INTRODUÇÃO:


Após minha aprovação no concurso da magistratura do trabalho da Justiça do Trabalho da 2o Região, vários bacharéis têm me solicitado dicas para estudos e resoluções de provas. Isso me motivou a escrever essemodesto guia de estudo, visando a amenizar as dificuldades que tem o concursando que inicia os estudos, não sabe o que ler, como se preparar, o que estudar e como realizar as provas. Por experiência própria, como fiscal de algumas provas de concursos, alguns candidatos já inscritos não sabem sequer como é a estrutura de cada prova.
Também me motivou o presente estudo, a ausência deobras específicas para o concurso ora enfocado. Alguns manuais trazem inúmeras perguntas e respostas de concursos, questões dissertativas, testes resolvidos, sentenças etc. Isso não significa que as obras não sejam boas e úteis ao concurso. Entretanto, desde a época em que sonhava em fazer concurso público, procuro nas livrarias um livro que mostre o que estudar, como estudar e como elaborar asquestões, pois o conteúdo das respostas e da sentença, cada candidato elaborará a sua pessoalmente. Como dizem os sábios, a sentença é ato personalíssimo do juiz, pois advém do latim “sentire”, que, traduzindo-se ao pé da letra para o português,significa sentimento.
Desse modo, vou procurar sugerir e explicar meu modesto método de preparação e demonstrar sua utilidade. Esse métodofoi desenvolvido durante minha preparação para o concurso de juiz do trabalho, fazendo uma síntese dos acertos e erros cometidos nesse período. Assim, se começasse a me preparar para o concurso hoje, seguiria o método que passo a sugerir.
Esse método de preparação que me proponho a escrever, me valeu a aprovação em primeiro lugar nas provas (somando-se as notas das fasesescrita, sentença e oral), e o segundo na classificação geral (computando-se os títulos) do XXVI Concurso de Ingresso na Magistratura do Trabalho da 2a Região
Procurei ser sincero e honesto em sugerir método exaustivo, ao invés de iludir o candidato com dicas milagrosas. Sem boa preparação não se é juiz do trabalho. Cito o exemplo do XXVIII Concurso do TRT da 2a Região em que nãohouve candidatos aprovados na 2a fase.
Algumas dicas parecem óbvias, mas como se trata de concurso extremamente seletivo, nunca é demais relembrar o candidato sobre certos detalhes que considero importantes.
Um começo é necessário, porque o candidato quando começa a se preparar assusta com a quantidade de temas do Edital, passa a estudar afoitamente, tentandoler tudo o que aparece, o que será estafante e pode provocar desistência prematura.
Esse começo é o que proponho a fazer neste arrazoado e, “data vênia”, ir um pouco além.
Nesse início, necessário um advertência sincera. Estudar é fundamental, e sem estudo não se vai a lugar algum. Estudar sempre, desistir ou desanimar jamais. No jargão dos concursandos: “Oestudo remove montanhas”. Entretanto, é preciso disciplina para estudar adequadamente, com produtividade, qualidade e, principalmente, tentar fazer do estudo uma coisa prazerosa, ao menos, não sufocante.
Quem procura manancial bibliográfico e jurisprudencial para estudo neste livro irá se decepcionar, porquanto este trabalho tentará levar ao candidato à escolha de um método depreparação adequado e indicará bibliografia específica e técnicas para a execução das provas.


2)DO CONCURSO E QUAL SUA FINALIDADE:


Malgrado as constantes críticas ao processo de seleção dos magistrados brasileiros, o certo é que o concurso é um realidade, e não vai acabar tão cedo.
A nosso ver, o concurso público, principalmente, na...
tracking img