Estudo geral dos lipideos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1725 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO GERAL DOS LIPÍDIOS

1. Definição

Lipídios são substâncias orgânicas que se caracterizam, quimicamente por apresentarem radical de ácidos graxos, e fisicamente pela sua insolubilidade em água e solubilidade em solventes orgânicos neutros, denominados de solventes das gorduras (éter etílico, benzeno, acetona e clorofórmio).
Os lipídios apresentam como constituintesobrigatórios, ácidos graxos e álcoois e como constituintes especiais, bases nitrogenadas (colina e etanolamina), ácidos minerais (fosfórico e sulfúrico), monossacarídeos (glicose e galactose), aldeídos graxos, etc.
1.1 Ácidos carboxílicos (graxos) dos lipídios
1.1.1 Obtenção e classificação:
São obtidos a partir da hidrólise de gorduras, sendo as gorduras os exemplos mais representativos doslipídios. Os ácidos graxos existentes nas gorduras naturais, normalmente encerram um nº par de átomos de carbono, monocarboxílicos, de cadeia retilínea ou linear simples e extensa. Compreendem os ácidos graxos saturados (sem duplas ligações) e os não saturados (com uma ou mais duplas ligações).
a) Ácidos graxos saturados:
Apresentam a seguinte fórmula geral Cn H2n+1COOH. Subdividem-se, de acordocom o nº de átomos de carbono, em:
a.1 Ácidos voláteis – com 4 até 10 átomos de carbono. São eles: ácido butírico (C4), capróico (C6), ácido caprílico (C8) , ácido cáprico (C10) .
a.2 Ácidos gordurosos – com 12 até 22 átomos de carbono. São eles: ácido láurico (C12), ácido mirístico (C14), ácido palmítico (C16), ácido esteárico (18), ácido aráquico (C20) e ácido beênico (C22).
a.3Ácidos cerosos – com mais de 22 átomos de carbono. Exemplos: ácido lignocérico (C24), ácido cerótico (C26).

b) Ácidos graxos não-saturados:
Subdividem-se, de acordo com o nº de ligações duplas ou de acordo com o nº de ligações etilênicas, em:
b.1 Mono-etenóides – uma só dupla ligação, de fórmula geral CnH2n-1COOH. Ex. ácido oléico (C18)  18:1;9
b.2 Di-etenóides – com duas duplasligações, de fórmula geral CnH2n-3COOH. Ex. ácido linolêico (C18).  18:2;9,12
b.3 Tri-etenóides – com 3 duplas ligações, de formula geral CnH2n-5COOH. Ex. ácido linolênico (C18)  18:3;9,12,15
b.4 Tetra-etenóide – com 4 duplas ligações, de fórmula geral CnH2n-7COOH. Ex. ácido araquidônico (C20)  20:4;5,8,11,14

1.1.2 Propriedades
a) Estado físico – os primeiros ácidos (atéC8) dasérie saturada são líquidos, sendo os demais sólidos a temperatura ambiente (+ ou – 20°C).
O ponto de fusão dos ácidos graxos se eleva com a extensão da cadeia carbônica, mas sofre queda quando presentes as ligações duplas. Ex.
Ácido esteárico (C18) – saturado PF= 70°C
Ácido oléico (C18) - não saturado PF= 16°C
b) Solubilidade – os primeiros ácidos (até C10) da série saturadaapresentam graus crescentes de insolubilidade em água, os demais são insolúveis. Todos são solúveis nos solventes das gorduras.
c) Salificação – os ácidos graxos, tratados com bases, dão origem a sais. Alguns destes sais, principalmente alguns sais de ácidos graxos superiores são espumígenos (gozam de poder detergente) por esta razão são chamados de sabões.
d) Reações de adição – os ácidosgraxos não saturados adicionam nas duplas ligações vários elementos (H2, O2, halogênios).
Ao fixarem H2, transformam-se nos correspondentes ácidos saturados:
H2
R – CH=CH – R1 ----------------------> R – CH2 – CH2 – R’
Ni
Quando fixam O2 dão origem a peróxidos:

R – CH=CH – R’-----------------------> R – CH – CH – R’
| |
O --- O
Em presença de halogênios como o iodo, formam compostos di-iodados
I2
R – CH=CH – R’ --------------------------> R – CH – CH – R’...
tracking img