Estudo fitoquímico do extrato alcoólico da flor da borreria verticillata (l.) g. meyer.

Páginas: 5 (1152 palavras) Publicado: 23 de novembro de 2011
Estudo Fitoquímico do Extrato Alcoólico da flor da Borreria verticillata (L.) G. Meyer.
Darleila Damasceno Costa; Maria Jose Moreno Correia; Kelly Suellen Lima Silva; Liliane Vieira Oliveira; Jakeline de Oliveira de Sousa; Davina Camelo Chaves

RESUMO:

A maioria das espécies vegetais é constituída de substâncias ativas que quando ingeridas podem apresentar atividade medicinal. Ainvestigação dessas espécies para identificação de seus princípios ativos e validação das propriedades medicinais tem mostrado resultados satisfatórios, pois atestam a eficácia de metabólitos que apresentam ação medicinal sobre diversas doenças. Este trabalho objetiva uma abordagem fitoquímica do extrato alcoólico da flor da planta Borreria verticillata (L.) G. Meyer. O método utilizado esta baseado emanálises qualitativas descritas por Barbosa (2001), sendo obtidos como resultados a presença de substâncias ativas como saponinas, fenóis, taninos, açúcares redutores e alcalóides, essas substâncias, indicam a viabilidade do uso da espécie como fitoterápico.

INTRODUÇÃO
Os grupos vegetais tem sido alvo de vários estudos farmacológicos, devido ao intenso uso de espécies que vem sendo empregadas emterapias. Mas são poucos os estudos acerca das propriedades que garantam a eficácia e segurança do uso medicinal. Em 1988, a Comissão Interministerial de Planejamento e Coordenação - CIPLAN – resolveu implantar a Fitoterapia nos Serviços de Saúde como prática oficial da medicina, em caráter complementar, e orientar as Comissões Interinstitucionais de Saúde (CIS) a buscarem sua inclusão no Sistema deSaúde Unificado - SUS - (BRASIL, 1988). As substâncias que podem apresentar propriedades medicinais são denominadas princípios ativos, ou seja, metabólitos secundários sintetizados pelas plantas através dos nutrientes, da água e da luz que a planta recebe. Essas substâncias podem provocar reações nos organismos, algumas podem ser tóxicas, dependendo da dosagem utilizada. (JORGE, s/d). Por outrolado, a investigação dessas espécies para identificação de seus princípios ativos e validação das propriedades medicinais tem mostrado resultados satisfatórios, pois atestam aeficácia de metabólitos que exercem ação medicinal sobre diversas doenças.
A Borreria verticillata (L.) G. Meyer, é uma espécie herbácea e invasora, que apresenta florescência normalmente em seu ápice, sendo encontrado em todoo Brasil, no entanto, existe uma insuficiência de dados que possam validar suas propriedades medicinais. Existem relatos do emprego de folhas e raízes da espécie em terapias, haja vista a necessidade de maiores estudos relacionados à planta, este trabalho, objetiva uma abordagem fitoquímica do extrato alcoólico da flor da planta B. verticillata (L.) G. Meyer por meio de análise qualitativa, demodo a se obter conhecimento dos constituintes químicos da espécie.

PALAVRAS CHAVES: Plantas medicinais; verticillata; Fitoquímica.

MATERIAL E MÉTODOS

A coleta da planta Borreria verticillata (L.) G. Meyer, foi realizada no município de Zé Doca-MA, sendo selecionadas para estudo as flores, das quais se obteve o extrato alcoólico resultante do material previamente triturado e seco, extraídovia etanol. Para identificação dos metabólitos, foram realizados testes fitoquímicos em triplicata, dentre eles, saponinas espumídicas, fenóis, taninos, açúcares redutores, antraquinonas, purinas e alcalóides, segundo procedimentos qualitativos descritos no Manual de Análise Fitoquímica e Cromatográfica de Extratos Vegetais (BARBOSA, 2001).
A identificação de saponinas foi realizada através dadissolução do extrato em água sob constante agitação; para fenóis e taninos, os testes foram realizados na presença de cloreto férrico (FeCl3); para açucares redutores em presença de reativos de Fehling A e Fehling B; para antraquinonas, em reação do extrato com tolueno e hidróxido de amônio (NH4OH); para identificação de purinas utilizou-se ácido clorídrico (HCl), peróxido de hidrogênio (H2O2)...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Estudo fitoquímico da mangifera sp
  • ESTUDO FARMACOBOTÂNICO E FITOQUÍMICO DA ESPÉCIE
  • TCC
  • filosofia trabalho vania g l
  • Estudo de caso p&g
  • estudo de caso casa flor
  • Estudo de caso p&g
  • Estudo De Caso P G

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!