Estudo do livro aos galatas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4788 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012 Quando e Onde foi Escrita a Carta aos Gálatas? A carta aos Gálatas, as duas cartas aos Coríntios e a carta aos Romanos surgiram num período de no máximo quatro anos, a saber, durante a terceira viagem missionária. Paulo se encontrava no auge de sua atividade e planejava dirigir-se para o oeste. Nessa situação, porém, apareceram nas comunidades anteriormentefundadas dificuldades de natureza fundamental. Opiniões seriamente conflitantes entre si obrigaram-no a repensar e elucidar sua proclamação. Tratava-se de lutar para libertar o evangelho das tentativas de aliená-lo.  Com esta exposição aproximamo-nos das condições cronológicas mais precisas de Gl, e fazemo-lo sob a premissa da hipótese galática setentrional (cf. no item 3b Propostas de solução). Deacordo com uma cronologia que possui larga aceitação, não foi antes da primavera do ano 52 que Paulo partiu de Antioquia na Síria para a terceira viagem missionária. Primeiramente ele visitou as igrejas na Galácia (Gl 4.13; At 18.23) e na Frígia. O ponto mais importante tornou-se sua atuação de dois anos e meio em Éfeso (At 19.8-10, desde a virada do ano 52-53 até o ano 55). A partir daí sua rotapassou pela Macedônia até Corinto, onde Paulo permaneceu três meses no inverno do ano 56. Depois começou o caminho de retorno, a fim de levar a oferta recolhida para Jerusalém. A viagem levou-o de novo à Macedônia, onde subiu num barco em Filipos.  Após diversas paradas em terra, alcançou Jerusalém com seus companheiros na primavera do ano 57 [cf. Atlas Vida Nova pág 69]. Em que momento dessa viagemsurgiu a carta aos Gálatas?  Sob a premissa de que Gl 2.1-10 coincide com a reunião dos apóstolos conforme At 15 (por volta de 48-49), Paulo escreveu a carta com certeza depois dessa data, ou seja, justamente durante essa terceira viagem missionária. Uma segunda ponderação leva a uma data mais precisa. No início dessa viagem ele fez uma parada nas igrejas da Galácia, encontrando lá tudo em ordem (Gl4.13). Somente depois que seguiu viagem para Éfeso (At 19.1), mas então com rapidez (cf. o tão depressa em Gl 1.6), apareceram os mestres estranhos. Seguramente necessitavam de meses (inverno de 52-53) para conquistar o favor das igrejas de Paulo. É provável que a notícia disso tenha alcançado Paulo ainda em Éfeso. É lógico que ele reagiu imediatamente, de forma que chegamos à época de redação de53-54, cerca de cinco anos após a fundação das igrejas. Esta data é a suposição mais freqüente  Conforme 1Co 16.1 Paulo já havia dado aos gálatas a mesma instrução quanto à oferta que ele agora dava aos coríntios. Se isso tivesse acontecido na nossa carta, a referência de 1Co se reportaria a Gl, e essa carta teria sido escrita claramente antes de 1Co. Visto que 1Co, segundo 1Co 16.8, ainda surgiuem Éfeso, de onde Paulo saiu no ano 55, chegaríamos novamente ao ano 54 para o surgimento de Gl, como acima pelos dados de At. Acontece que em Gl não consta nada de tal instrução. Por isso não é necessário que 1Co 16.1 esteja fazendo uma referência a essa carta, mas que tenha em mente qualquer outra comunicação oral ou escrita. A carta também poderia ter sido redigida depois de 1Co, ou seja, emdata posterior ao ano 55.  Mesmo quem não adere a essa data mais tardia concordará que 1Co 16.1 não fornece um referencial seguro.         Enviar por e-mail   BlogThis!   Compartilhar no Twitter   Compartilhar no Facebook    1 Deixe seu comentário Marcadores: Carta aos Gálatas QUINTA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2012 Motivos da Carta aos Gálatas a. A confusão nas igrejas  Pelo que parece, os temposiniciais das igrejas foram uma verdadeira primavera espiritual. Trechos como Gl 3.3,4 e 4.12-16 o ilustram. Os fiéis se igualavam a atletas que saíram bem na largada e que encontraram na forma desejável o seu estilo de corrida (Gl 5.7). Esse começo relativamente sem problemas pode ter acontecido pelo fato de que, ao contrário dos começos em Antioquia, Icônio ou Listra (At 13.45,50; 14.2,5,19) não...
tracking img