Estudo dirigido sobre microbiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1889 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Centro Universitário de Barra Mansa — UBM

Curso: Biologia/Nutrição Disciplina: Microbiologia Geral
Professor Dr. Victor Maximiliano Reis Tebaldi

Estudo dirigido com avaliação

1) Quais são as implicações práticas para a célula bacteriana em ter uma relação de área superficial por volume alta?

R: Em termos práticos, isto significa que existe uma grande superfície através da qual osnutrientes podem entrar em relação a um pequeno volume de substância celular a ser alimentada. Esta característica é responsável em parte, pela alta taxa de metabolismo e crescimento da bactéria.

2) Desenhar uma célula bacteriana e identificar suas partes.

R: Em anexo.

3) Quais são as diferentes formas e funções da glicocálix da célula bacteriana?

R: Formas variáveis e constantes.

VARIÁVEIS – asglicoproteinas e as glicoaminoglicanas, sintetizadas e incorporadas à membrana plasmática.

CONSTANTES – Fragmentos glicídicos acrescidos às glicoproteinas e glicolipidios.

Quanto às funções: proteção, obstáculo de difusão, coesão celular e inibição por contato. Proporciona resistência à membrana plasmática agindo contra agressões físicas e químicas do meio externo conferindo capacidade dereconhecimento de substâncias nocivas e retenção de nutrientes.

4) Comparar a estrutura e a composição química das paredes celulares de bactérias Gram-negativas e Gram-positivas.

R : Gram-negativas: paredes mais finas, mais complexas, possuem uma membrana externa cobrindo uma camada fina de peptideoglicano, a camada de peptideoglicano das Gram-negativas representa somente 5 a 10% do peso seco daparede celular. Esta camada é encontrada no espaço periplasmático entre a membrana citoplasmática e a membrana externa, as paredes são constituídas por lipossacarideos.

Gram- positivas: mais espessas, mais simples, têm uma quantidade maior de peptideoglicano em sua parede celular que representa 50% ou mais do peso seco da parede de algumas espécies Gram-positiva, não possuem membrana externa comoparte de sua parede celular e não possuem também o espaço periplasmatico.


5) Explicar a função das porinas na membrana externa de células bacterianas Gram-negativas.

R: Atuam como canais para a passagem de pequenas moléculas hidrofílicas, participando assim do processo de nutrição. As porinas podem ser especifica, contendo sítios de ligação para um ou mais substratos, ou inespecifica, compondocanais aquosos.

6) O que são mesossomos e quais são suas funções mais prováveis?

R: O mesossomo é uma invaginação, com a forma de vesículas ou lamelas da membrana celular. São proeminentes em bactérias Gram-positivas. Podem aparecer perto da membrana celular ou aprofundar-se no citoplasma. Os mesossomos mais profundos parecem estar ligados ao material nuclear da célula. Parecem estar envolvido nareplicação do DNA e na divisão celular. Os mesossomos periféricos parecem estar envolvidos na secreção de certas enzimas a partir da célula, tais como as penicilinases que destroem a penicilina.

7) Onde se localizam os ribossomos na célula bacteriana?

R: Os ribossomos estão dispersos no citoplasma. São encontrados tanto em células procarióticas como eucarióticas. Alguns ribossomos são encontradoslires no citoplasma procariótico, enquanto outros ,principalmente aqueles envolvidos com sintese de proteínas secretadas estão associados com a superfície interna da membrana citoplasmática.

8) Quando os ribossomos são o sítio de uma ação antibiótica, que processo metabólico é inibido?


R: Inibe a síntese de proteínas tais como a estreptomicina, neomicina e tetraciclinas


9) Descrever algumaspropriedades únicas dos endósporos bacterianos.

R: São exclusivos das bactérias. Possuem parede celular espessa, são altamente refrateis e altamente resistente às mudanças de ambiente. Quando liberados da célula mãe podem sobreviver ao calor e ao dessecamento intenso e à exposição a compostos químicos tóxicos.

10) Explicar por que a formação dos endósporos nas bactérias não é um modo de...
tracking img