Estudo de trafego

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1730 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro de Tecnologia Departamento de Engenharia de Transportes Curso de Engenharia Civil TC575 – Engenharia de Tráfego – 2006.1

Notas de Aula n. 03 Prof. Mário Azevedo

SISTEMAS DE TRÁFEGO - O VEÍCULO Características dos Veículos • Estáticas • Cinemáticas • Dinâmicas

Projeto de vias e demais facilidades fixas

Características dos veículos

Características estáticas = peso e tamanhoCaracterísticas cinemáticas = movimento Características dinâmicas = forças atuantes

• Ultrapassagem Manobras • Parada • Conversão

Veículo de Projeto

• Geometria • Interseções • Distâncias de visibilidade

Deve satisfazer requisitos/padrões de “quase” todos os veículos que irão utilizar a via

TC575 – Engenharia de Tráfego – Prof. Mário Azevedo – Notas de aula n. 03

1 Características Estáticas Tamanho do Veículo Projeto dos componentes físicos da via (largura de faixas e acostamentos, comprimento de baias, curvas verticais, ...) dimensionamento das camadas do pavimento greides máximos características dos veículos tipo
• • • • • • • Automóvel Caminhão simples Ônibus convencional Ônibus articulado Caminhão-trator médio (semi-reboque) Caminhão-trator grande (semi-reboque)Caminhão-trator (reboque)

Peso dos eixos

Classificações

Características Cinemáticas taxa de aceleração • manobras de ultrapassagem • intervalos em cruzamentos • rampas de acesso a vias expressas • faixas de aceleração/desaceleração aceleração constante

1 d = v0 t + at 2 2

v f = v0 + at

TC575 – Engenharia de Tráfego – Prof. Mário Azevedo – Notas de aula n. 03

2

aceleraçãocomo função da velocidade

a≈

1 v

dv = α − βv t , dt

α = aceleração máxima

tx. max. de aceleração (m/s2)

velocidade (m/s)

Frenagem (Desaceleração) Forças aplicação do freio reação à frenagem atrito peso do veículo (a favor ou contra)

v2 d= 254( f ± 0,01m)
d = distância de frenagem (m) v = velocidade do veículo (km/h) f = coeficiente de atrito pneu/pavimento m = declividadeda rampa (%)

Ex: Tabela AASHTO

Velocidade inicial = 80 km/h

f = 0,3

Em nível

80 2 d= = 84m 254(0,3 ± 0,01.0)
80 2 d= = 93m 254(0,3 − 0,01.3)
3

Declive de 3%

TC575 – Engenharia de Tráfego – Prof. Mário Azevedo – Notas de aula n. 03

Características Dinâmicas Forças atuantes: • • • • resistência do ar (atrito) resistência do greide (gravitacional) resistência de rolamento(atrito) resistência nas curvas (centrípeda)

Ar (frontal e lateral)

Ra = ca Av 2
Ra = resistência do ar (N) A = área (m2) v = velocidade (km/h) ca = coeficiente de penetração aerodinâmica
Para automóveis Para ônibus

ca = 0,020 a 0,025

ca = 0,035 a 0,040

Greide

RG = 10Gi
RG = resistência do greide (N) G = peso do veículo (KN) i = declividade da rampa (%)

Rolamento •deformação da roda e da via • efeito de sucção (roda-superfície) • escorregamento da roda pavimento asfáltico autos a 80 km/h Fr = 12 kg/ton revestimento primário autos a 80 km/h Fr = 25 kg/ton Curvas Grau 5 5 10 10 Raio (m) Velocidade (km/h) Resistência (Kg) 345 80 18 345 100 36 173 65 54 173 80 104

TC575 – Engenharia de Tráfego – Prof. Mário Azevedo – Notas de aula n. 03

4

Aplicações: (maistempo de percepção-reação) • Distância mínima de parada/frenagem • Raio mínimo de curva horizontal Outros fatores que influenciam: • Aceleração • Coeficiente de atrito pneu/pavimento • Posição do centro de gravidade do veículo • Superlargura

Características Ambientais emissão de poluentes • • • • tipo de veículo tipo de combustível ano de fabricação condições de manutenção

alguns poluentes • • •• monóxido de carbono hidrocarbonetos material particulado ...

outros tipos de poluição • sonora • visual

TC575 – Engenharia de Tráfego – Prof. Mário Azevedo – Notas de aula n. 03

5

SISTEMAS DE TRÁFEGO – A VIA
CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL DAS VIAS • O sistema viário urbano como um sistema orgânico sua função de distribuição de tráfego.

cada via tem

• Função da via depende de...
tracking img