Estudo de impacto ambiental de nascentes estudo de caso: clube estoril – campo grande / ms - brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10099 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES OSWALDO CRUZ
MBA EM AUDITORIA, PERÍCIA E GESTÃO AMBIENTAL

Maíra de Lacerda e Souza

ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL DE NASCENTES
ESTUDO DE CASO: CLUBE ESTORIL – CAMPO GRANDE / MS - BRASIL

CAMPO GRANDE

2010
MAÍRA DE LACERDA E SOUZA

ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL DE NASCENTES
ESTUDO DE CASO: CLUBE ESTORIL – CAMPO GRANDE / MS - BRASILTrabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdades Oswaldo Cruz, como parte dos requisitos para a obtenção do título de Especialista no Curso MBA em Auditoria, Perícia e Gestão Ambiental.

Orientador: Prof. Drª. Terezinha Braz.

CAMPO GRANDE
2010
MAÍRA DE LACERDA E SOUZA

ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL DE NASCENTES
ESTUDO DE CASO: CLUBE ESTORIL – CAMPO GRANDE / MS - BRASILTrabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdades Oswaldo Cruz, como parte dos requisitos para a obtenção do título de Especialista no Curso MBA em Auditoria, Perícia e Gestão Ambiental.

______________________________________________________
Prof. Drª Terezinha Braz.
(UNIDERP)
Orientador

______________________________________________________
Prof. D. Sc. JosimarRibeiro de Almeida
(UFRJ/USP)
Presidente da Banca Examinadora

______________________________________________________
Profª. D. Sc. Lais Alencar de Aguiar
(UFRJ/USP)
Membro da Banca Examinadora

Dedico esse trabalho a todos os que promovem o desenvolvimento sem esquecer de preservar o meio ambiente.

Agradecimentos

Seria impossível citar todos oscolegas e amigos que contribuíram para este trabalho. Algumas pessoas, porém, merecem menção especial, particularmente Marilda Trefzger e Terezinha Braz, cada um das quais contribuíram para elaboração do conteúdo deste estudo.

Querido Jesus, “precisas ver o que temos feito com esta Terra, na qual teu Pai criou vida – e vida inteligente! Nossa ambição de lucro poluirio e mares, queima florestas, exaure o solo, resseca mananciais, extingue espécies, aéreas e terrestres, altera o ciclo das estações envenena a atmosfera.
Gaia se vinga, cancerizando-nos reduzindo as defesas de nosso organismo, castigando-nos com a fúria de seus terremotos, tornados, tufões, furacões com frio e calor intensos.”(Frei Betto, folha de São Paulo/1998).

RESUMO

Este estudo avalia a degradação das nascentes localizadas dentro do Clube Estoril, decorrente da apropriação humana através do crescimento urbano na região residencial do município de Campo Grande. É visível a destruição da cobertura vegetal existente na área. Assim, o presente trabalho tem o intuito de propor um plano de recuperação da áreadegrada em torno as nascentes que abastecem o Córrego Sóter. Desta forma é urgente e necessário medidas para recuperar e proteger as nascentes, garantindo a preservação da fauna e flora existentes na área. Foram realizadas pesquisas de campo, com fotografias e aplicação de entrevista para levantamento de dados sobre os impactos ambientais das nascentes. Concluindo que é necessário um acompanhamento porparte da Ong Cerrado Vivo para monitorar as medidas adotadas para a recuperação.

Palavras-chave: nascentes, degradação, plano de recuperação

ABSTRACT

This work evaluates the quiet threat of the Global Blackout in the capital of Goias, Goiania, in order to evidence where level if finds such phenomenon in the city. The metodológica option occurred through a exploratoria research of data inthe Climatic Station of Goiânia, qualitative and quantitative nature, and in accordance with data and maps of the radiation and solar irradiation supplied by the Ministry of Sciences and Technologies. The subject little is known in Brazil and perhaps it did not have greater seriousness in being treated by the Committee Intergovernamental de Climatic Mudanças, what it restricted of the public the...
tracking img