Estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2519 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FASUL – FACULDADE SUL BRASIL
ADMINISTRAÇÃO

















ESTUDO DE CASO




















TOLEDO/2013

FELLIPE FERNANDES BERGO
















ESTUDO DE CASO








Trabalho da disciplina de Pesquisa de Mercado sob orientação do Prof. José Antônio Uba, turma do 3º Ano Noturno do Cursode Administração da Faculdade Sul Brasil – FASUL.
| |








TOLEDO/2013



Sumário

























Introdução


1. O que é Estudo de Caso?

O estudo de caso  é um método qualitativo que consiste, geralmente, em uma forma de aprofundar uma unidade individual. Ele serve para responder questionamentos queo pesquisador não tem muito controle sobre o fenômeno estudado.
Este estudo contribui para compreendermos melhor os fenômenos individuais, os processos organizacionais e políticos da sociedade. É uma ferramenta utilizada para entendermos a forma e os motivos que levaram a determinada decisão. Trata-se de uma abordagem metodológica de investigação especialmente adequada quando procuramoscompreender, explorar ou descrever acontecimentos e contextos complexos, nos quais estão simultaneamente envolvidos diversos fatores.

Desenvolvimento

1. Definição de alguns Autores

Conforme Yin (2001) o estudo de caso é um método de pesquisa de natureza empírica que investiga um fenômeno, geralmente contemporâneo, dentro de um contexto real, quando as fronteiras entre o fenômeno e ocontexto em que ele se insere não são claramente definidas. Afirma ainda que este estudo é uma estratégia de pesquisa que compreende um método que abrange tudo em abordagens especificas de coletas e analise de dados. Para ele as tais abordagem se adapta à investigação em educação, quando o investigador é confrontado com situações complexas, de tal forma que dificulta a identificação dasvariáveis consideradas importantes, quando o investigador procura respostas para o “como?” e o “por quê?”, quando o investigador procura encontrar interações entre fatores relevantes próprios dessa entidade, quando o objetivo é descrever ou analisar o fenômeno, a que se acede diretamente, de uma forma profunda e global, e quando o investigador pretende apreender a dinâmica do fenômeno, do programa ou doprocesso.  Assim, Yin define “estudo de caso” com base nas características do fenômeno em estudo e com base num conjunto de características associadas ao processo de recolha de dados e às estratégias de análise dos mesmos.
Por outro lado, Bell (1989) define o estudo de caso como um termo guarda-chuva para uma família de métodos de pesquisa cuja principal preocupação é a interação entrefatores e eventos.
Fidel (1992) refere que o método de estudo de caso é um método específico de pesquisa de campo. Estudos de campo são investigações de fenômenos à medida que ocorrem, sem qualquer interferência significativa do investigador.
Coutinho (2003) refere que quase tudo pode ser um “caso”: um indivíduo, um personagem, um pequeno grupo, uma organização, uma comunidade ou mesmouma nação.
Da mesma forma, Ponte (2006) considera que: “É uma investigação que se assume como particularística, isto é, que se debruça deliberadamente sobre uma situação específica que se supõe ser única ou especial, pelo menos em certos aspectos, procurando descobrir a que há nela de mais essencial e característico e, desse modo, contribuir para a compreensão global de um certo fenômenode interesse.” (Ponte, 2006:2)


Benbasat et al (1987) consideram que um estudo de caso deve possuir as seguintes características:
- Fenômeno observado no seu ambiente natural;
- Dados recolhidos utilizando diversos meios (Observações diretas e indiretas, entrevistas, questionários, registros de áudio e vídeo, diários, cartas, entre outros);
- Uma ou mais entidades (pessoa, grupo,...
tracking img