Estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudo de caso 1
Nome: X
Idade: 2 anos e 7 meses

Dados relevantes:
- Audição seletiva
- Rapport frágil (fuga de olhar, desconforto ao toque)
-Discreta estereotipiamotora
-Utiliza o outro como instrumento para seus desejos
- Baixo limiar para frustações, dificuldades em aceitar limites reagindo com birra e choro.

Baseado naanálise feita levanta-se a hipótese inicial de Autismo.
Os procedimentos adotados serão:
- Para colher dados complementares: Marcar mais alguns encontros com os pais; visitaaos profissionais da escola em que X estuda para levantar como se dão as relações tanto com as crianças, como com os adultos; e contato com o neurologista que atendeu X.Encaminhamento: X será encaminhado a Fonoaudiologia.
Prioridades: Trabalhar com a família a questão dos limites, X precisa de uma rotina clara. Sugerir que ele estude emuma só escola para que não precise de duas adaptações e rotinas distintas.
Estratégias iniciais a serem adotadas pela escola até que se tenha resultado de encaminhamentos ediagnóstico da criança:
Manter uma informação individual e concreta com o aluno sobre as atividades que irão acontecer.
Para diminuir a agitação psicomotora
Trabalharcom economia de fichas
Um sistema de créditos (economia de fichas) é uma possibilidade válida de alterar alguns dos comportamentos indesejáveis. Convém que seja realizado napositiva, nunca na negativa, com prêmios concretos que, à medida que os objetivos vão sendo alcançados, vão sendo substituídos por elogios (por ex.). No início da aplicaçãodo sistema, os critérios de avaliação terão níveis de exigência mais reduzidos, ocorrendo um aumento gradual à medida que o tempo passa e os objetivos vão sendo alcançados
tracking img