Estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1199 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PIC 1
Caso 1
Um paciente de 62 anos, em 3º dia de internação, encontra-se na enfermaria de um hospital geral governamental. Em sua história, há antecedentes de HAS e um IAM prévio que acarretaram disfunção ventricular esquerda há 7 anos. O motivo da sua internação foi Pneumonia Lobar D. Às 6 horas 50 minutos, inicia-se quadro de taquipnéia, intensa sudorese, ansiedade, agitação, cianose,desconforto respiratório, tosse com secreção, agitação e ortopnéia.
EXAME FÍSICO
O paciente encontrava-se pálido, apresentando sudorese fria, agitado, consciente e com discurso pouco coerente. Taquipneico FR 32 mov/min. Dispnéico, com uso de musculatura acessória e retração diafragmática. Á ausculta pulmonar: sibilos, estertores finos até ápices pulmonares, secreção avermelhada (escarrohemoptoico). Refere precordial ia, taquicardia, FC=130 bpm, ausculta cardíaca, ritmo de galope (B3), extremidades frias e cianóticas.
Você é o enfermeiro e entra no quarto neste momento!!!!
* Você observou a fisionomia de desespero do paciente?
* Como ele se agarra na cama?
* Ele está com muito medo de morrer!!!
* Consegue imaginar a utilização da musculatura acessória e intercostal,batimento das aletas nasais, coloração da pele e o padrão respiratório alterado??
*
O quadro é grave/ dramático!!!
*
O que fazer ?????
* Você observou a fisionomia de desespero do paciente?
* Como ele se agarra na cama?
* Ele está com muito medo de morrer!!!
* Consegue imaginar a utilização da musculatura acessória e intercostal, batimento das aletas nasais,coloração da pele e o padrão respiratório alterado??
*
O quadro é grave/ dramático!!!
*
O que fazer ?????
REFLITA SOBRE ESTAS QUESTÕES... ANTES DE PROSSEGUIR O SEU ESTUDO!
* Quais as ações de enfermagem prioritárias em relação aos achados?
* Qual o mecanismo fisiopatológico determinante deste processo?
* Quais as possibilidades diagnósticas?
* Quais osdiagnósticos de enfermagem possíveis?
* Quais os cuidados de enfermagem específicos para o caso?
*
* Quais as ações de enfermagem prioritárias em relação aos achados?
* Qual o mecanismo fisiopatológico determinante deste processo?
* Quais as possibilidades diagnósticas?
* Quais os diagnósticos de enfermagem possíveis?
* Quais os cuidados de enfermagem específicos para ocaso?
*
Caso 1
Prescrição médica:
Oxigenioterapia: máscara facial; CPAP; ventilação mecânica. Furosemida IV
Sulfato de Morfina IV ;Nitroglicerina IV ; Drogas vasoativas em casos de instabilidade hemodinâmica (Nitro, dobutamina, dopa)
Exames laboratoriais
Gasometria arterial ;Hemograma ; Marcadores de necrose miocárdica CKMB, CK mioglobina ;Eletrocardiograma ;Perfil bioquímicoNa, K, U, Creatinina ; Ecocardiograma ;Raio X de tórax
Caso 1
Este cenário nos mostra uma situação de acontecimento súbito, com grande comprometimento das funções vitais do paciente, a qual pode caracterizar como uma situação de emergência e de cuidados críticos. Para tal, o enfermeiro deve ter a capacidade de tomada de decisão, permanecendo ao lado do paciente e no comando das ações da equipede enfermagem. Isso poderá resultar em ações, antes mesmo da chegada da equipe médica. Portanto, ações prioritárias devem ser realizadas, pois a sua avaliação lhe conduz a pensar que esta situação gera uma grande instabilidade ao paciente.
Considerando os sinais e sintomas, os exames complementares e laboratoriais e sua condição emocional, o enfermeiro deve avaliar as respostas do pacientefrente ao processo de saúde e doença.

Utilizando o julgamento clinico poderá identificar os diagnósticos de enfermagem referente ao caso, assim teremos:
VOLUME EXCESSIVO DE LÍQUIDOS caracterizado por agitação, ansiedade, alterações da pressão arterial, congestão pulmonar, dispneia, mudança no padrão respiratório, ruídos respiratórios adventícios. Fatores relacionados mecanismos reguladores...
tracking img