Estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4723 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MONOGRAFIA
STELLA MARIS CÁRDENAS VELÁZQUEZ
TEMA: BAR LUIZ – PARTE DA HISTÓRIA DO RIO DE JANEIRO

INTRODUÇÃO

O Rio de Janeiro, assim como toda cidade, tem suas tradições. O patrimônio da Cidade Maravilhosa inclui, além de suas belezas naturais, alguns redutos históricos, consagrados como ponto de referência na memória e no cotidiano do carioca.
O núcleo fundador onde a cidade de SãoSebastião do Rio de Janeiro começou a crescer a parir do bairro conhecido como Centro da Cidade. Sua centralidade não é geográfica, mas puramente cultural. Deste centro, na verdade litoral da Baia de Guanabara, a cidade começou a se expandir, a delimitar territórios e fronteiras, a ser loteada e povoada.
Esta região é parcamente explorada pelos turistas que aqui desembarcam, ocupados em desfrutar osdias de sol nas belas praias que oferecemos. Contudo, alguns dos referenciais mais importantes da cultura carioca se localizam nesta área, acessíveis a pessoas com os mais diversos interesses. Centro financeiro e econômico da cidade, seu comércio abarca os mais variados artigos de consumo. A infra-estrutura cultural da região dispõe de museus, centros culturais, cinemas e teatros além de espaçospara lazer a céu aberto, como praças e passeios públicos. Disponível também aos olhares mais atentos está a paisagem de suas ruas, que engloba desde casarões e edifícios do período colonial até prédios e monumentos pós-modernos. Este cenário é um perfeito reflexo da pluralidade do corpo social e urbano co Rio de Janeiro.
Todavia, é através do mosaico social de seus transeuntes que o bairroexpressa toda sua vitalidade. Diariamente, milhões de pessoas circulam pelos seus caminhos, vivenciando costumes e historias. Se essas ruas falassem por si, teriam muito a contar. Contudo estas experiências estão registradas na memória de quem trabalha na região e nas paredes de seus estabelecimentos e casas comerciais. Conhecer uma cidade é desvendar o seu epicentro, o local onde se concentra umaamostra de todos os bairros.
Nesse trabalho vamos nos posicionar em um bairro em especial, o bairro co centro – Carioca. Se pudéssemos observá-lo bem do alto distinguiríamos a Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro, a Estação dos Bondes de Santa Teresa, a Igreja de São Francisco da penitência, o Largo da Carioca, mas se fizermos caminhando esse roteiro, iríamos parar para descansar e, certamente,tomaríamos um gostoso chope e talvez almoçaríamos em um barzinho encantador, singular, centenário, tão tradicional, arquitetônico e ligado à vida da cidade como os seus vizinhos acima citados, um bar chamado Bar Luiz. No presente trabalho vamos contar a história e fatos curiosos desse cantinho do Rio de Janeiro.

História do Bar Luiz: A trajetória de um Patrimônio.

Quando o Bar Luiz foifundado, em 3 de janeiro de 1887, Dom Pedro II era o Imperador do Brasil. A cidade do Rio de Janeiro era capital do Império e tinha a pretensão de ser uma Corte moderna, á imagem e semelhança das principais capitais européias. Paris era referência mundial de cultura e civilização e os cariocas incorporavam os hábitos e costumes da capital francesa, dentre eles a prática de se consumir bebidas em mesasdispostas pela calçada.
Na capital brasileira, avolumava-se o número de cafés e Confeitarias que reproduziam o costume francês, servindo cerveja e vinho como carro chefe. O estilo e a elegância destas indicavam o perfil do público que as freqüentavam. Como opção para o consumo de bebidas nas ruas da cidade, encontravam-se casas de “secos e molhados” que serviam bebidas no balcão, além deBotequins e Bares, basicamente com a mesma clientela.
O início da tradição – Jacob Wendling abre na Rua da Assembléia abre na Rua da Assembléia o “Zum Schauch”, futuro Bar Luiz tencionando servir cerveja aos apaixonados pela bebida de todas as classes.
Quando Jacob Wendling, filho de suíços nascidos em Petrópolis, abriu seu estabelecimento na Rua da Assembléia nº 102, tencionava que o seu bar, que na...
tracking img