Estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1975 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE CASO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA DELPHI ENGENHARIA

1. Introdução
O setor de construção civil brasileiro representa grande importância na economia brasileira, pois este é considerado um dos maiores empregadores de mão-de-obra no país. Com isso, cada vez mais há uma grande e acirrada competitividade neste setor, fazendo com que as empresas realizem uma reestruturafuncional de forma a possibilitar uma maior capacidade de sobrevivência, o que está diretamente ligado a apuração de custos adotados.
Os sistemas contábeis financeiros nas empresas construtoras e incorporadoras adotam periodicidade mensal e anual para os seus demonstrativos de lucros e perdas, períodos esses que não possuem qualquer significado quando se tratando de um produto caracterizado pelolongo prazo de execução – muitas vezes maior que um ano – e cujas datas de início e fim não guardam qualquer relação com o ano fiscal.
Além disto, as informações fornecidas pelos sistemas contábeis tradicionais em pouco contribuem para a gestão dos processos que ocorrem no âmbito dos empreendimentos, o que faz com que os seus gerentes adotem controles alternativos, via de regra, oorçamento da obra e controles de custo, paralelos ao sistema contábil da empresa.
De modo geral, as empresas de construção civil contam com boa instrumentação para o gerenciamento de seus custos diretos, havendo publicações sistemáticas de indicadores médios de produtividade, custos de materiais e de mão-de-obra. Ao longo dos últimos anos, dispõem de diferentes softwares especializados paraorçamento e controle de custos em obras civis de todas as naturezas.
As empresas de construção civil se destacam dentre outros tipos de empresas, por ser possuidora de certas peculiaridades, em especial no que tange a diversidade de atuação – segundo Matteson (1994) –, que a distingue de empresas de outros segmentos, como:
• Produção essencialmente por encomenda;
• Comum ocorrência deociosidade de equipamentos e de pessoal, por um período de tempo muitas vezes indefinido, aguardando pelo início de (novas) obras;
• As obras são, ao mesmo tempo, o produto da empresa (fonte de receita) e uma estrutura funcional independente dentro dela, como se fosse uma empresa sobreposta à outra(s); e
• Área comercial da empresa sujeita a insucessos em suas propostas,característica comum às empresas de construção civil que participam de licitações públicas e privadas, nas quais, em ambos os casos, os índices de sucesso de propostas são baixos.
Segundo Triviños (1990, p.133) o Estudo de Caso tem por objetivo a obtenção de conhecimento aprofundado de uma realidade delimitada. Desenvolveu-se um estudo de caso em uma empresa que atua no ramo da construção civil de edifíciosresidenciais e comerciais, localizada na cidade do Natal, no Estado do Rio Grande do Norte, a empresa Delphi Engenharia.
A Delphi Engenharia está no mercado há mais de dez anos, tendo como público alvo a classe média alta. Funcionalidade e alto padrão são marcas sempre presentes nos projetos da Delphi Engenharia, que entregou quase 1.300 unidades. Os mais de 300 mil m² de área construída eos empreendimentos em execução demonstram o forte compromisso da empresa com o cliente e comprovam que o número de projetos na cidade de Natal e nas praias do Rio Grande do Norte não pára de crescer.
Além de empreendimentos tipo residencial, como os edifícios Aldebaran e Mozart Romano, em Areia Preta, a Delphi também deixa a sua marca em projetos apart-hoteleiros dirigidos a investidores,como o Natal Plaza Quality Suítes (Ponta Negra) e os empreendimentos em execução Comfort Suítes (Ponta Negra) e Villa Imperial Radisson Pirangi, gerenciados com o padrão internacional da Atlantica Hotels.
No portfólio das obras já concluídas também fazem parte empreendimentos industriais, como a indústria Multdia - fabricante dos produtos Nutriday e Nutrilarv - o Grande Moinho Potiguar,...
tracking img