Estudo de caso sobre pesquisa de marketing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (547 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO & MARKETING – IBGM
GESTÃO DE MARKETING











ESTUDO DE CASO SOBRE PESQUISA DE MARKETING

















Recife - PE
2012Alexssandro da Hora
Bruno Motta
Deiziane Ramos
Eduardo Albuquerque
Giselly Azevêdo
Maria Carolina
Nailza Maria
Sirlange Santos
Vanusa HolandaTrabalho apresentado como requisito complementar para obtenção de nota de na disciplina Pesquisa de Marketing, curso Gestão em Marketing, turno: noite, 3º período.Recife - PE
2011

Brinquedos: maioria não tem loja favorita em SP.
Ri Happy possui maior recall entre os consumidores paulistanos
Entrevistados em pesquisa da Sonne Branding.


Afidelização do consumidor é um processo lento e difícil. Este é cada vez mais exigente e desconfiado. As lojas de brinquedos não costumam investir seus esforços e criatividade nesse sentido. Os pais tem papelfundamental no assunto: são clientes (porque compram!) e precisam ser satisfeitos; porém, os filhos são os verdadeiros consumidores (agentes impulsionadores da compra): precisam ser encantados.Observamos que as lojas de moda infantil procuram agradar suas crianças em virtude de, reconhecidamente, não oferecerem um produto tão “atrativo” à elas.
Lojas de brinquedos, por sua vez,prometem o que elas mais gostam: diversão. O fato é que nem sempre se cumpre o que promete. No mundo globalizado, as lojas de brinquedos são verdadeiros uniformes. Servem a todas as classes os mesmosbrinquedos. Os preços não são mais um diferencial. O aumento do poder econômico das classes B e C, favoreceu a inserção delas nestas lojas. Já não estão restritas aos magazines e camelôs. O mercado confirmaque pais ausentes em virtude dos compromissos, culpam-se e consequentemente compram mais em virtude do comprometimento com seus filhos. Porém, diante desse comportamento tão “suficiente” das...
tracking img