Estudo de caso mundo verde

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6901 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIEDADE UNIFICADA DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA FACULDADE DE ECONOMIA E FINANÇAS DO RIO DE JANEIRO


CURSO DE ADMINISTRAÇÃO













PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO














Prof. Sissiliana Vilchez de Rabanal










Profª Sissiliana Vilchez de Rabanal





Rio de Janeiro
Fevereiro / 2012

sissiliana@fgv.brsissiliana@hotmail.com

UNIDADE 1. A ORGANIZAÇÃO



1. Considerações Iniciais

As organizações existem desde os faraós e os imperadores da antiga China. A Igreja e os exércitos desde a Antiguidade desenvolveram formas de organizações. Com o desenvolvimento da Humanidade, um número crescente de organizações foi sendo solicitado para atender às necessidadessociais e humanas.

[pic]
Durante a Revolução Industrial que vieram os investimentos cada vez mais pesados na produção, com o objetivo de aumentar a eficiência dos processos industriais, os quais passaram a exigir maiores e mais recompensadores retornos. (BERGAMINI, 2006)


[pic]
Além da abordagem científica de Taylor, o início do século XX também viu surgir as teorias clássica (1906) eburocrática (1909). O precursor da primeira foi Henri Fayol, que acreditava ser as funções da gerência (Prever, Comandar, Organizar, Coordenar, Controlar) aplicáveis em todos os tipos de organização, focando seus estudos na unidade do comando, na autoridade e na responsabilidade. Em função disso, sofreu críticas por ser considerada uma abordagem manipuladora. A abordagem burocrática foi idealizadapor Max Weber.

[pic]
A sociedade moderna e industrializada tem tantas e tão diversas organizações que se torna necessário todo um conjunto de organizações secundárias para organizá-las e controlá-las como a maioria dos órgãos públicos. Tornou-se uma sociedade de organizações, das quais o homem passa a depender para nascer, viver e morrer. (Chiavenato,1999:45).

As pessoas passam a maiorparte de seu tempo vivendo ou trabalhando dentro de organizações. A produção de bens e serviços não pode ser desenvolvida por pessoas que trabalham sozinhas. Quanto mais industrializada for a sociedade, tanto mais numerosas e complexas se tornam as organizações. Elas criam um profundo e duradouro impacto sobre as vidas e sobre a qualidade de vida dos indivíduos. (Chiavenato, 2003:13).

Asorganizações são constituídas de pessoas. Por outro lado, as organizações constituem para as pessoas um meio pelo qual podem alcançar muitos e variados objetivos pessoais com um mínimo de custo, de tempo, de esforço e de conflito, os quais não poderiam ser alcançadas apenas através do esforço individual. (Chiavenato, 2003:13).
[pic] [pic]
A sociedade moderna é constituída deorganizações de crescente complexidade e interdependência, nas quais estamos cada vez mais envolvidos e dependentes

Citamos a conceituação proposta por Kanaane, sobre organização:

Um sistema socialmente estabelecido pelo conjunto de valores expressos pelos indivíduos que dela fazem parte, sendo assimiladas e transmitidas sucessivamente pelas mesmas, daí a importância e aresponsabilidade diante dos outros, das novas gerações (KANAANE, 1994, p. 30).

As organizações criam e desenvolvem sua própria filosofia empresarial, sua missão e sua visão, criam seu próprio caráter, sua própria cultura ou clima, com suas normas, seus tabus, costumes e crenças. Recrutam seus próprios métodos, processos de trabalhos e layout físico de comunicações, de autoridade, seus níveis e sua atuação nomacro-ambiente sócio-econômico.

As modernas organizações assumem novo papel e muitas áreas empresariais vêm passando por modificações, principalmente a da Gestão de Recursos Humanos.

As tendências das organizações no mundo moderno incluem:

• Menos unidades de comando
• Mais delegação e empowerment
• Aumento substancial de equipes de trabalho
• Poder compartilhado ou coletivo,...
tracking img