Estudo de caso- habibs

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1350 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Histórico da empresa Habibs
Desde a sua primeira loja, inaugurada em 1988, na rua Cerro Corá em São Paulo, o Habib´s já nasceu com uma saborosa receita de servir bons produtos, com rapidez, aos menores preços possíveis, em ambiente limpo e agradável. Hoje, quase 20 anos depois, a rede contabiliza 305 endereços no país é a maior rede de fast food árabe do mundo. Só em 2007, o Habib´s vendeu650 milhões de bib´sfihas e alcançou a marca de 130 milhões de clientes atendidos. Com 12 centrais de produção espalhadas de norte a sul do país e empresas coligadas à marca, o Habib´s se tornou um dos grandes grupos brasileiros na área de alimentação. A sua qualidade e confiabilidade junto ao consumidor, fez com que a rede conquistasse uma série de importantes prêmios, entre eles: MelhorFranqueador ? pela ABF ? Associação Brasileira de Franchising, Prêmio de Excelência em Serviços ao Cliente, pela revista Consumidor Moderno, Prêmioo Oscar do Varejo, pela Alshop, entre outros. Toda essa intimidade com o consumidor reforçou a estratégia da rede em estar engajada em programas sociais, como o Mesa São Paulo e Banco Rio de Alimentos, por meio de doações de alimentos que beneficiam milhares decrianças carentes.
2. Mudanças (Crises) da empresa Habibs
Instabilidade financeira, abalo econômico mundial, recessão. Sinônimos não faltam para o fantasma que motivou demissões, corte de custos e falências, aliás criatividade de algumas empresas para superar essa crise, também não. Enquanto grande parte do mundo grita economia, o Habib’s apresenta umacampanha, ousada, de investimentos. A rede de produtos alimentícios abaixou o preço de um dos seus principais produtos, a sfiha de carne, que de R$0,79 passou para R$0,49, e definiu uma meta: aumentar os lucros em até 30%. O resultado da campanha é divulgado em junho, enquanto isso não acontece, uma das funcionárias da rede, Elizênia Pinto, dá algumas pistas. “Hoje, em menos de duas horas, euatendi 63 ligações, ao total foram 300 sfihas de carne”, conta. A funcionária aprova a campanha e acredita no poder de marketing que ela traz. “Os pedidos aumentaram muito. Os clientes se empolgam com o preço e compram quase três vezes mais”, comenta.
Luiz Trielli, diretor de marketing do Habib’s, afirma que a ideia faz parte de um novo formato da rede. “As pessoas estão sem dinheiro e uma iniciativade redução de preço no nosso carro-chefe, sempre é bem vinda. Tudo indica que a campanha será uma revolução nas vendas da rede”, comenta otimista. Para conseguir alcançar o consumidor com o desconto, o Habib’s negociou com seus principais fornecedores de ingredientes.
3. Estratégias da empresa Habibs
A rede de lanchonete Habib’s reduziu o preço, emtodo o país, de seu principal produto de vendas, a Bib’sfiha que passou de R$ 0,79 para R$ 0,49, uma queda de cerca de 40%. A iniciativa, que fez parte da campanha "Não é promoção, é uma revolução", quer elevou as vendas da Bib’sfiha de carne em 30% pelos próximos cinco meses.
Para conseguir oferecer essa redução de preço ao consumidor e dar sustentação à campanha, as centrais de produção da marcano país bonificou as lojas da rede em 20% sobre o total de carne utilizado, além de o Habib’s ter negociado com seus principais fornecedores dos ingredientes da Bib’sfiha de carne.
A redução no preço além de aumentar o fluxo de clientes na loja fez parte de um processo de valorização do consumidor Habib’s, apoiado no compromisso da rede em vender produtos de qualidade pelos menores preçospossíveis.
Para se comunicar com o consumidor, o Habib’s utilizou o tom da comédia, com filmes e peças que fez uma alusão bem-humorada a políticos que revolucionaram a história. Além dos filmes o tema se estendeu para o ponto de venda através das boinas e bonés, símbolos da Revolução Cubana e que tornaram-se acessórios indispensáveis no uniforme dos funcionários das lojas durante a campanha.
O...
tracking img