Estudo de caso galba veloso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1891 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Minas Gerais
Escola de Enfermagem
Departamento de Enfermagem Aplicada


Estudo de caso: Hospital Galba Veloso

Belo Horizonte
2012



Estudo de caso: Hospital Galba Veloso

Trabalho apresentado à disciplina Enfermagem Psiquiátrica do curso de Graduação da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais.
Prof: Edson Pereira

Belo Horizonte2012
1. Introdução

1.1 Contextualização da instituição onde se realiza o ensino clínico

O Galba Veloso é um hospital da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais que recebe pacientes em crise até a sua estabilização psíquica.
O paciente pode chegar ao serviço por demanda espontânea, via SAMU, Polícia Militar ou referenciado por algum serviço, geralmente são atendidos pacientes dointerior de Minas. Os pacientes de Belo Horizonte têm como serviço de referência a saúde mental os CERSAM e o município de Betim possuí serviço próprio, mas na prática ainda são atendidos pacientes desses municípios.
Após a entrada o paciente é avaliado por um psiquiatra onde é verificado se o mesmo deverá ficar na observação ou se deverá ser internado, o objetivo é que o paciente fique internadopor menor tempo possível, mas isso é variável, pois depende da estabilização do quadro do paciente. Atualmente o hospital conta com mais de cem leitos, mas a demanda ainda supera a oferta.
Um fato importante a destacar e que marcou nosso estágio foi perceber a visão antimanicomial do hospital e como há uma tentativa de reintegração dos pacientes junto à família e a sociedade. Foi possívelacompanhar três casos de pacientes que estão há muito tempo na instituição e há uma articulação dos profissionais do Galba com os órgãos competentes na tentativa de conseguir reinserir esses pacientes na sociedade, o que é algo muito complexo, demorado e que requer bom senso.Outro ponto importante é que esses pacientes são informados sempre que possível e participam de todo processo não ficam portantoem um estado de alienação diante da sua própria situação.

1.2 Objetivos do estudo de caso

Apresentar o caso de um paciente acompanhado no estágio, apresentado sua história e patologia correlacionando ao conteúdo ministrado em aula e a prática da assistência de enfermagem.

2. Desenvolvimento

R.S.P, 54 anos, sexo feminino, aposentada, ensino médio incompleto, separada, católica,brasileira, natural de Caratinga, procedente de Caratinga.

2.1 Motivo do ingresso na instituição

A paciente foi internada com a queixa principal de que SIC “estava nervosa porque meu filho me agrediu e se me agredir eu viro bicho”. Conforme informações obtidas através de coleta de dados do prontuário R.S.P apresentava-se hostil com idéias de grandeza, insônia, inquietação, comportamentoerotizado e inadequado. Surto maníaco com agitação psicomotora e refratariedade ao tratamento com risco para si e parceiros.

2.2 História pessoal e familiar

R.S.P relata ter nascido de parto prematuro, afirma ter tido uma infância alegre, porém afirma que o pai foi assinado e esse fato ainda gera sofrimento para ela. Começou a trabalhar na infância na lavoura da família no interior.
Afirma quena adolescência tinha amigas, não fazia uso de álcool ou drogas e teve apenas um namorado com 16 anos no qual se casou. Possuí boa relação com a mãe que já faleceu e com os irmãos.
R.S.P teve um filho do primeiro relacionamento, afirma que casou por amor aos 16 anos, se separou devido ao marido ser violento.Teve um segundo relacionamento onde teve duas filhas e ficou viúva.
De acordo com oprontuário o primeiro marido solicitou a guarda do filho e ganhou, depois disso a paciente pegou os três filhos e fugiu desde então começou a surgir os sintomas do transtorno bipolar. Há um relato de que a mesma perdeu a guarda devido a situação de risco na qual as crianças viviam.
Atualmente mora com o filho e a nora em Caratinga, mas relata não ter uma boa relação com ele.

2.3 História...
tracking img