Estudo de caso de gestante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RICCI,Susan Scott. Enfermagem materno-neonatal e saúde da mulher. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.Leia mais em: http://www.webartigos.com/artigos/assistencia-de-enfermagem-as-gestantes-com-pre-eclampsia/51359/#ixzz2DUVuZ3ue
RICCI,Susan Scott. Enfermagem materno-neonatal e saúde da mulher. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.Leia mais em:http://www.webartigos.com/artigos/assistencia-de-enfermagem-as-gestantes-com-pre-eclampsia/51359/#ixzz2DUVuZ3ue
RICCI,Susan Scott. Enfermagem materno-neonatal e saúde da mulher. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.Leia mais em: http://www.webartigos.com/artigos/assistencia-de-enfermagem-as-gestantes-com-pre-eclampsia/51359/#ixzz2DUVuZ3ue
DLL, gestante, primigesta, 16 anos, negra, católica, solteira, brasileira, nasceu em São Paulo, mora naperiferia de Embu das Artes e trabalha na prefeitura do município no setor de administração durante seis horas por dia de segunda-feira á sexta-feira, diz sentir-se satisfeita com o trabalho, desde que engravidou parou de frequentar o colégio, diz não ter expectativas para o futuro. Mora com os pais irmãos e sobrinhos(totalizando 8 pessoas), sua residência tem dois cômodos, há presença deroedores, para o sustento da família usam o dinheiro da aposentadoria do pai e o salário que DLL ganha como jovem aprendiz,uma das irmãs faz muitas dívidas, relata estar estressada devido a conflitos familiares. Esta separada do pai da criança desde a confirmação da gravidez.
Não sabe dizer ao certo quantas refeições faz ao dia , nas refeições principais ingere somente arroz e feijão , não consomefrutas, verduras e legumes, relata que nos intervalos dessas refeições consome: chocolate, salgadinho, refrigerante e coxinha. Relata salivação em excesso e episódios de náuseas que no 1º trimestre é frequente em 50-90% das grávidas,levando por via-de-regra, á anorexia, embora número equivalente de mulheres relate melhora do apetite e parcela considerável admita "desejos" por certos alimentos. A basefisiológica da náusea,habitualmente matinal,é desconhecida, conquanto possa estar relacionada a níveis crescentes de gonadotrofina coriônica humana (hcg) e de estrogênios. (MONTENEGRO, 2012). Antes da gravidez evacuava todos os dias agora somente três vezes por semana com bastante esforço.
O sistema gastrintestinal está atônico durante toda a gestação. Os fatores determinantes são hormonais, osmesmos que relaxam a musculatura das artérias, veias e ureteres. Consequência imediata , a alta incidência de pirose, combinação do relaxamento do esfincter gastroesofagiano ao aumento de pressão intra-abdominal, essa condicionada pela presença do útero grávido. A atonia do cólon explica a grande frequência de constipação (MONTENEGRO, 2012).
Não faz uso de tabaco e de bebidas alcoólicas, suamenarca foi aos 11 anos de idade, não sabe dizer ao certo a duração do seu ciclo menstrual, o início de suas relações sexuais foi com 15 anos, nunca fez uso de contraceptivos, diz não ter conhecimentos sobre todos os métodos contraceptivos conhece apenas o preservativo masculino e a pílula. Relata ter corrimento vaginal em grande quantidade sem odor de aspecto leitoso. Sob a influência dosestrogênios, o epitélio vaginal se espessa durante a gravidez e há aumento da sua descamação, no que resulta maior secreção vaginal (MONTENEGRO, 2012). Já teve vários parceiros sexuais. Não prática nenhum tipo de atividade física, disse que senti preguiça de praticar esse tipo de atividade e desconhece seus benefícios. Sua atividade de lazer é ir a lanchonetes.
Demonstrou dúvidas quanto ao preparo dasmamas para amamentação, perguntou como são os sinais de que estará em trabalho de parto ,pois relatou medo de não saber quando chegar " a hora".
Está fazendo o acompanhamento pré-natal no Posto de Saúde perto de sua casa,está com a vacinação antitetânica em ordem,porém apresentou preocupação por ter dúvidas se haveria outras doses ou não.
ABO-RH é O-, refere disúria (sensação de dor,...
tracking img