Estudo de caso - banco galtar - insper

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1730 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
São Paulo, Julho de 2012

Insper – MGN II – Turma 8 – Banco Santander

Aluno: Gustavo da Silva Corá



Estudo de Caso: Banco Galtar: a crise cambial brasileira de 1999 – aspectos políticos e de mercado. Prof. Carlos Melo e Ricardo Rocha



1) Quais os conflitos de agência (agency) presentes no texto?

O Banco Galtar é um banco de “dono”, e como tal, segue os preceitos doproprietário. De um lado, uma idéia fixa de crescimento, ampliar o leque de negócios com a aquisição de um Banco Comercial, de outro, um propósito de aumentar os lucros do Banco de Investimento, aproveitando as oportunidades circunstanciais do momento: conjuntura macroeconômica dentro do contexto político e social do momento em que se passa o caso.



2) Como funcionava o Conselho deAdministração do Banco Galtar?

O Conselho de Administração do Banco Galtar funcionava com autonomia nas decisões de caráter estratégico, comandado pelo Sr. Henrique Carvalho Gomes, amigo de longa data do Sr. Pedro Santos Velho, acionista majoritário do Banco Galtar. Entretanto, o Conselho participava de todas as decisões importantes do Banco, bem como decidia e inteferia nas decisões do dia-a-dia daTesouraria, onde existia uma reunião semanal onde eram apresentados os resultados e ali se decidiam os próximos passos das operações do Banco. O Sr. Pedro Santos Velho tinha esta característica centralizadora na gestão dos seus negócios, fruto de sua trajetória de sucesso na área de varejo, ao longo de 55 anos de experiência.



3) Por que Gabriel apostava na desvalorização do Real?Gabriel era o Diretor de Tesouraria do Banco Galtar, executivo muito experiente no mercado financeiro. Para Gabriel, eram nítidos os sinais de tempos difíceis: o risco Brasil medido pelo EMB+ apontava uma escalada crescente do spread pago por títulos brasileiros e o principal título da divida externa negociada , o C Bond era ofertado por um yield to maturity equivalente a países em default.4) Quais os argumentos de Aderaldo em relação a proposta de Gabriel?

Aderaldo Costa era um executivo de carreira em instituições financeiras, atuando no Corporate de Bancos de grande porte. Foi contratado no Banco Galtar com o objetivo de conduzir o Galtar à aquisição de instituições com foco comercial. Era pública sua aversão a tesoureiros de Bancos. Seus argumentos contrários aproposta de Gabriel era que movimentos, gestos e operações mais ousadas pudessem prejudicar o Galtar na relação que mantinha com o Poder Federal, temendo represálias por parte do Banco Central, sendo que o Galtar tinha uma enorme dependências dessas boas relações com a autoridade monetária.



5) Qual o provável choque cultural em andamento no Galtar?

Percebemos duas correntescontrárias, porém, de propósitos bem claros. De um lado, a corrente que deseja a ampliação dos negócios do Banco no sentido de tornar-se um conglomerado financeiro, com a aquisições de instituições financeiras comerciais, talvez até utilizando-se de linhas de financiamento do PROER – ajuda do Banco Central. De outro, uma corrente que vem obtendo sucesso nos últimos anos, com excelentes performances deresultados, sempre crescentes, e que deseja aproveitar o momento – os fatores circunstanciais da política econômica e operar com vistas à especulação e lucrar ainda mais. Entretanto, há inúmeros conflitos entre as duas correntes, pois tanto o lucro imediato, aproveitando-se de uma conjuntura macroeconômica, como a ampliação do leque de negócios do Banco, pensando mais estrategicamente no médio e longoprazo, são válidas e mostram-se como excelentes alternativas para o Banco Galtar.



6) Quais os conflitos de natureza política presentes no Brasil no momento onde o caso se desenvolve?

O presidente FHC acabara de ser reeleito e muitas disputas na base do governo mostravam que enfrentaríamos tempos de turbulência política ainda maior do que o costume para o Brasil daquele tempo. FHC...
tracking img