Estudo das nrs relacionadas à higiene ocupacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2342 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DAS NRS RELACIONADAS À HIGIENE OCUPACIONAL
 
NR 15 E RUÍDO

A presença do ruído em um ambiente de trabalho pode lesionar o sistema auditivo dos trabalhadores e causar perda da audição, quando os níveis são excessivos. No início o dano prejudica a audição nas freqüências mais altas, em torno de 4.000 Hz, e depois afeta progressivamente as freqüências mais baixas. Os indivíduos sópercebem esta perda, que é irrecuperável, quando são afetadas as freqüências da conversação, o que prejudica sua relação com as demais pessoas.
O risco de perda auditiva varia de pessoa para pessoa e começa a ser significativo quando o trabalhador é submetido continuamente a um nível de exposição diária ao ruído superior a 80 dB (A).
Além da perda da audição, o ruído pode causar problemascardiovasculares e digestivos. Níveis elevados de ruído podem provocar transtornos do sono, irritabilidade e cansaço. O ruído também diminui o nível de atenção e aumenta o tempo de reação do indivíduo frente a estímulos diversos isso favorece o crescimento do número de erros cometidos de acidentes que repercute negativamente na qualidade e produtividade.
A avaliação do ruído deve ser feita com mediçõesque devem considerar o nível de ruído e o tempo de exposição do trabalhador. Os métodos de avaliação do ruído, as características dos equipamentos de medição, bem como os métodos de calibração dos equipamentos constam na norma de higiene ocupacional da FUNDACENTRO NHO 01/2001.

CALOR E RADIAÇÕES IONIZANTES E NÃO IONIZANTES E VIBRAÇÕES

A irradiação de campos eletromagnéticos é classificada comoionizante ou não-ionizante. O primeiro grupo corresponde a campos em freqüências mais elevadas que as das emissões de luz, como por exemplo, os raios gama e os raios-X. Elas são ditas ionizantes por possuir energia suficiente para quebrar ligações químicas. É desta forma que os raios-X podem danificar o material genético das células, levando a doenças como o câncer. Em freqüências mais baixas,nas quais as microondas se incluem isto não acontece, daí elas serem chamadas de não-ionizantes.
Os mecanismos de interação dos campos eletromagnéticos não-ionizante com sistemas biológicos podem ser agrupados em dois grandes tipos: efeitos térmicos; e efeitos não-térmicos, dependendo se eles são atribuíveis à deposição de calor (térmicos) ou à interação direta do campo com a substância do tecido,sem componente de aquecimento significativa (não-térmico ou atérmico). O efeito biológico mais aparente nas freqüências de microondas é o térmico.
Os efeitos térmicos surgem diretamente do aquecimento do tecido, como resultado da absorção de campo eletromagnético em um meio dissipativo. Parte da potência é refletida pela pele, e parte penetra, dissipando-se rapidamente com a profundidade. Talabsorção deve-se principalmente ao movimento dos dipolos de água e de íons dissolvidos. A proporção de água é um importante parâmetro na determinação das propriedades dielétricas do tecido. A taxa com que o corpo humano absorve energia eletromagnética varia com a freqüência, mas pelo menos numa faixa que inclui a dos celulares esta variação é mínima. Por sua vez, a resposta térmica de um corpodepende: da taxa específica de absorção (SAR); da cobertura do corpo; do sistema termo-regulatório; da condição fisiológica; do meio ambiente; e no caso de irradiação apenas sobre uma parte específica do corpo, da vascularização naquela região. Sob circunstâncias normais, os vasos sanguíneos se dilatam e o aquecimento é removido pela corrente sanguínea. Portanto, o risco principal de dano térmico seconcentra nas áreas de baixa vascularização, como os olhos e a têmpora. De fato, o órgão mais suscetível a um dano por efeito térmico é a lente ocular. Sendo composta por uma proteína similar a albumina dos ovos, ela fica branca
quando aquecida, formando catarata. Este efeito é de interesse particular para alguns profissionais que operam transceptores portáteis em que a antena fica muito próxima...
tracking img