Estudo das comunidades vegetais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1118 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O ESTUDO DAS COMUNIDADES VEGETAIS
Dr. Fernando Roberto Martins – UNICAMP.

Em termos essencialmente práticos pode-se afirmar que uma comunidade vegetal é uma unidade sociológica de qualquer nível sintaxonômico1, que ocupa um certo território e que tem uma composição florística e uma estrutura característica (Cain & Castro, 1959). Alguns autores afirmaram que a comunidade vegetal é umaabstração e simplesmente consiste de todas as plantas, à partir de um certo tamanho ou pertencente a um certo táxon, que ocorrem numa área que o pesquisador delimitou para estudo.
Para permitir uma abordagem mais conveniente de estudo, atribuem-se certas propriedades às comunidades vegetais – atributos das comunidades (Daubenmire, 1969):

a) composição florística
b) fisionomia
c) estruturad) funcionamento
e) dinâmica
f) distribuição
g) evolução

Em geral, a caracterização de alguns dos atributos mencionados, tem a concordância dos autores e é feita de modo diferente segundo a experiência pessoal e o sistema metodológico adotado.
A composição florística de uma comunidade vegetal é a lista das espécies que a compõe, sem atribuição de qualquer característicaecológica. Assim, todas as espécie presentes têm um mesmo peso e o pesquisador está interessado nos grupos taxonômicos, isto é, se há algum táxon representado por grande número de táxons mais baixos (muitas espécies de um mesmo gênero ou família, por exemplo), se ocorrer presença ou ausência de famílias e espécies de interesse, etc. A correta identificação taxonômica e a manutenção de materialtestemunha (exsicatas em herbários) são fundamentais e imprescindíveis ao estudo de vários atributos da comunidade.

1 Sintaxonomia é a parte da Ecologia de Comunidades que objetiva classificar as comunidades dentro de um sistema hierárquico (como os diversos níveis da taxonomia), baseado nas semelhanças florísticas, fisionômicas e ambientais.


O levantamento florístico de váriascomunidades permite muitos importantes estudos principalmente os de cunho fitogeográfico. Quando se tem levantamento de várias comunidades, pode-se compará-las quantitativamente através de índices binários de similaridade. Tais coeficientes são empregados principalmente ao nível de espécies.
A fisionomia de uma comunidade vegetal refere-se a sua aparência geral externa e envolve características óbvias,como cor e luxuriância que são rapidamente determinadas em uma abordagem visual inicial. Há muitas opiniões diferentes do que seja fisionomia das comunidades ou sobre seus atributos fisionômicos. Assim, são freqüentes as confusões de atributos fisionômicos, funcionais e estruturais. A forma e a função são aspectos estreitamente relacionados e, estrutura e fisionomia são colocadas como atributosda forma. Por exemplo, um dos aspectos fundamentais da fisionomia decorre das formas biológicas predominantes na comunidade (Cain & Castro, 1959). Warming (1908) definiu a forma biológica como a forma que o corpo da planta assume em harmonia com o meio ambiente, sob a qual ocorrem os fenômenos vitais, desde a sua germinação ou brotamento até a sua morte. Sob a tal definição a forma biológica é umefeito da seleção natural, representando adaptação do corpo da planta como um todo às condições ambientais. Sendo assim, a forma é um atributo funcional e não fisionômico.
O termo estrutura é raramente definido na literatura, mas muito freqüentemente empregado, talvez até sucessivamente. Margalef (1963) afirmou que uma comunidade tem uma estrutura própria, caracterizada pelas partes que aconsistem. Tais partes podem ser encaradas como os indivíduos, independentemente das espécies a que pertencem, ou como populações que pertencem a espécies diferentes. Por definição, o termo estrutura refere-se à disposição entre as partes que constituem um todo. É com tal sentido que os autores anglo-americanos empregam o termo. Autores franceses usam o termo estrutura como sinônimo de organização da...
tracking img