Estudo da soja

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2308 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOJA
Glycine max L.

Descrição botânica
• Família: Fabaceae
• Gênero: Glycine
• Espécie: Glycine max L.
– 12 espécies

Origem
• Região da Manchúria – Norte da China
• Domesticada no século XI
• Surge no ocidente durante séc. XV e XVI na
Europa
• EUA:
– 1804 mencionada
– 1880 inicio do cultivo com forrageira
– 1920 quase 400mil ha plantados

Histórico
• EUA
– 1934 aumentoda produção em função da restrição do
cultivo de trigo e algodão, além da fácil colheita
mecânica e rendimento

• Brasil





1882 na Bahia
1902 em São Paulo trazida por japoneses
1914 professor Craig da UFRGS
1918 início do cultivo em larga escala em Santa Rosa
expandindo para as missões até 1930

Histórico
• Utilizada primeiramente
– Alimentação de suínos e adubação verde• 1954: 0,5%
• 1976: 16%, hoje 30% da produção mundial
• 1958: primeiras indústrias
– Dobradinha Soja-Trigo

• 1970: altos preços estimulam a produção e a
entressafra dos EUA favorece o Brasil
– Tropicalização: favorece o plantio nas regiões de
baixas latitudes entre o trópico de câncer e a linha do
equador

Principais produtos
• Óleo de soja: um dos tipos de óleo mais
consumido nomundo
• Farelo de soja: resíduo proveniente da extração
do óleo – utilizado com alimento para animais
com 40-55% de proteína
• Farinha de soja: pode ser usada na indústria
alimentícia para enriquecer pão, biscoito,
macarrão, produtos infantis, misturas para sopas

Principais produtos
• Proteína texturisada de soja (PTS): obtida pela
extrusão ou fiação. Usada no preparo de
embutidos.• Extrato protéico de soja (leite de soja): possui
aparência muito semelhante ao leite de vaca
• Queijo de soja (Tofu): elaborado a partir do leite
de soja, com 135 calorias em 100g e cerca de
12,5g de proteína

Principais produtos
• Missô (pasta de soja) e shoyu (molho de soja):
usados como tempero na culinária oriental
• Soja torrada: possui a aparência de um
amendoim torrado e pode serconsumida
como tal

RAIZES
• Crescimento durante praticamente todo o
ciclo (água, oxigênio, nutrientes)
• Raízes primárias crescem em profundidade e
as raízes laterais crescem horizontalmente
durante 40 a 50 dias, atingindo 35-40cm

CAULE
• DETERMINADO
– Os legumes ficam distribuídos no caule central de
maneira densa, a distribuição é dispersa nos
ramos laterais e o caule terminaabruptamente
em um ápice achatado com um rácemo floral
– Após o florescimento praticamente não crescem
(melhor adaptação em temperaturas mais altas,
longo período, sem geadas e dias curtos)

CAULE
• INDETERMINADO
– A distribuição dos legumes é esparso e uniforme
sobre o ramo principal e as ramificações laterais,
com frequencia decrescente de vagens no caule
central de baixo para cima– Adapta-se melhor em latitudes acima de 35º

• PORTE
– Pode varia de 60 a 120cm

FOLHAS
• 1 D.A.E. os cotilédones estão completamente abertos,
expondo as folhas unifolioladas (5 a 7 dias)
• Primeiras folhas trifolioladas surgem entre 9 a 11 DAE
com total expansão entre 15 e 17 DAE
• 3 tipos de folhas: cotiledonar, unifolioladas e
trifolioladas
• As folhas são alternadas, tanto na baseprincipal como
nas hastes secundárias

FLORES
• Apresenta-se com uma inflorescência
racemosa terminal ou axial
• 1 rácemo pode produzir de 3 a 35 flores
pegamento médio 4 a 5, abortamento até 75%
de abortamento é normal
• Pode ter coloração branca a rósea (varietal)
• Abortamento está ligado à: alta temperatura,
água, dias longos, desequilíbrio nutricional e
sombra

FLORESCIMENTO• Dependendo da cultivar, época de semeadura e
principalmente do clima, o florescimento inicia-se aos
40 e 70 DAE
• É uma planta autógama com autopolinização que
ocorre quando as flores se abrem ou pouco antes da
abertura
• Plantas de crescimento indeterminado começam o
florescimento no 4º e 5º nós da haste principal e
progride exclusivamente para cima, sendo mais intenso
no nós...
tracking img