Estudante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1154 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS

Licenciatura: Comunicação Aplicada
2010/2011
Turma: 2D2

Análise Semiótica
“A Imagem Publicitária”
Docente: Professor Doutor Jorge Leandro Rosa

Trabalho realizado por:
Catarina Rosa nº20094386
Nuno Surrador nº20096942
Sara Falcão nº20094212

“Análise Semiótica – A imagem publicitária”
Breve Introdução

Devido àimpossibilidade da apresentação do nosso trabalho em aula, e
aproveitando a oportunidade que nos foi dada pelo professor de enviar por email, decidimos enviar também este documento onde explicamos a par e passo
cada um dos slides que constituem apresentação em Power Point, dando mais
enfâse ao que iríamos explicar durante a apresentação, visto que grande parte
dos slides presentes no PowerPoint que lheenviamos, eram simples tópicos
que iriam ser seguidos de desenvolvimento.

Os melhores cumprimentos,

O grupo
Catarina Rosa
Nuno Surrador
Sara Falcão

20 de Janeiro de 2010

Professor Doutor Jorge Leandro Rosa

“Análise Semiótica – A imagem publicitária”
Slide 1 – Capa da apresentação

Slide 2 – Introdução

É uma organização independente de
protecção e conservação do ambiente,que
tem quase cinco milhões de associados
distribuídos pelos cinco continentes do Mundo.
A WWF é a maior organização do tipo no
mundo, que actua de forma activa em mais de
cem países, nos quais desenvolve centenas de projectos de conservação do
meio ambiente.
A WWF actua em Portugal desde 1995, tendo estado envolvida na
constituição do Parque Natural do Vale do Guadiana.
Em 2004, deu-seinício ao Programa Sobreiro, com o objectivo de
contribuir para a protecção, restauro e gestão das florestas e montados de
Sobreiro no Mediterrâneo, tendo o programa constituído uma equipa
permanente em Portugal.

Professor Doutor Jorge Leandro Rosa

“Análise Semiótica – A imagem publicitária”
Slide 3 – Elementos técnicos da imagem


Tipo de suporte: Outdoor



Técnica empregue:Fotografia
Manipulada



Formato (formato do canal): W ebsite
apelativo à protecção do ambiente



Identificação do canal – Internet



Identificação do emissor – World W ild
Fund



Localização do canal: http://reduce.wwf.be/default.htm



Data da emissão– Junho 2008



Género: Fotografia



Subgénero: Retrato, Moda

Slide 4 – Dimensões tricotómicas (I)Em Pierce, o pragmatismo assume uma
dimensão lógica. A pragmática é para Pierce,
a disciplina destinada a dar conta do processo
de validação das crenças, fundadas na
indagação da experiencia fenomenal. A esta
indagação, Pierce dá o nome de dimensões
tricotómicas, apresentando elas três modos de
ser a que chamou de firstness, secondness e thrirdness.
A firstness é tudo aquilo que apareceno imediato, que está presente e
que é o espontâneo. A secondness pode considerar-se a força brutal da acção

Professor Doutor Jorge Leandro Rosa

“Análise Semiótica – A imagem publicitária”
e da reacção da consciência, do esforço e da resistência, considera-se por isso
uma actualização da firstness. Por último, a thirdness trata -se da previsibilidade
das ocorrências, do que dá contada relação existente entre uma possibilidade
de ser e um ser actualmente existente, entre uma qualidade pura e uma
relação actual.
Posto isto, nesta imagem pode ser considerar-se a firstness um corpo de
um ser humano e uma cabeça de peixe, como sendo aquilo que é
percepcionado à primeira vista.
Na secondness, a dupla consciência, faz-nos considerar que estamos
perante uma aberração, umamonstruosidade, algo que para nós não há dúvida
de traz uma anomalia.
Slide 5 – Dimensões tricotómicas (II)

Na

thirdness,

esta

imagem

suscita-nos uma previsibilidade das
ocorrências, uma previsão futura de
uma catástrofe, de uma mudança, de
uma

inversão…

algo

naturalmente

ligado ao clima e à necessidade de
adaptação do ser humano.

Slide 6 – Análise da Imagem (I)...
tracking img