Estudante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1868 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
II Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental

DEGRADAÇÃO AMBIENTAL NO CÓRREGO DO CAJU EM CUIABÁ, MATO GROSSO
Edson José de Castro Júnior(1) Acadêmico do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – Campus Cuiabá – Bela Vista. Nadja Gomes Machado Turismóloga formada pela Faculdade Afirmativo, Bióloga formada pelaUniversidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Mestre em Ecologia e Conservação da Biodiversidade pela UFMT. Doutorado em andamento em Física Ambiental pela UFMT. Atualmente é professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – Campus Cuiabá – Bela Vista e Coordenadora do Laboratório de Biologia da Conservação (LABIC). Endereço(1): Rua Sanhaço, Quadra 27, N° 9, CPA 4, 1°Etapa, Cuiabá/Mato Grosso, CEP 78058-120. Fone: (65) 3646-3898; (65) 9215-9956 ou (65) 9631-8054. e-mail: jr_ira@hotmail.com. RESUMO Os rios urbanos enfrentam sérios problemas ambientais em função da ocupação e expansão desordenada das cidades. Por isso, este trabalho teve por objetivo identificar os problemas ambientais no córrego do Cajú. Este percorre o bairro do CPA 2 até se encontrar com ocórrego do Moinho no CPA 3, em Cuiabá. Primeiramente, mapeamos quatro trechos do córrego e analisamos os seguintes atributos: mata ciliar, transparência da água, lixo, processos erosivos, urbanização nas margens e esgoto. Em seguida, propusemos a elaboração de um plano de recuperação da área com intuito de recuperar a flora, evitando o assoreamento. Todos os trechos amostrados apresentaram degradaçãoambiental por contaminação da água, perda de mata ciliar, processos erosivos e esgoto e lixo. PALAVRAS-CHAVE: Degradação, Erosão e córrego. INTRODUÇÃO Desde quando o Homem começou a conviver em grandes comunidades, ele alterou a natureza de forma á assegurar a própria sobrevivência e lhe proporcionar conforto. A agricultura, a pecuária e a construção de cidades são os grandes modificadores danatureza transformando as características geográficas como vegetação, permeabilidade do solo, absortividade e refletividade da superfície terrestre, além alterar as características do solo, ar atmosférico e das águas, tanto pluviais, fluviais como subterrâneas. Foi através destes quesitos que começou a exploração e degradação dos ambientes naturais e quebra dos sistemas ecológicos que o homem degradouo ambiente. Exploração de madeiras, desmatamento, uso de agrotóxicos para a agricultura e poluição do ar somente é o início do que vem pela frente. Com o crescimento desordenado da população, haverá uma grande necessidade de lavouras maiores de milho, soja, algodão e outras matérias primas que são essenciais para a vida do ser humano, portanto, observa-se que mais e mais áreas serão desmatadas eserão usadas maiores quantidades de agrotóxicos para este fim e assim, causando a degradação do ambiente. Além de que, com o empobrecimento desta área, leva essa á ser descartada e abandonada, sem nenhum tipo de fiscalização e tratamento para ela. Assim, com o solo desta área estando exposto e sem vegetação, causa o que denominamos de processo erosivo que é causada pelo impacto da gota de chuva aosolo nú e assim, formando menores grãos e estes sendo escoados pela água para lugares mais baixos. Além dos processos de degradação nos solos, esses invadem a zona urbana com o processo de urbanização sem planejamento. O governo municipal não estabelece e, tão pouco orienta a população sobre os locais adequados de ocupação humana além de complicar a projeção das canalizações de rede de esgoto que,em muitas cidades, essas estruturas são precárias e ás vezes essa é levada para rios, córregos ou lagoas próximos, poluindo o ambiente natural.

IBEAS – Instituto Brasileiro de Estudos Ambientais

1

II Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental

Com isso, áreas de preservação permanente (encostas íngremes, margens de rios) e remanescentes florestais são degradados, causando sérios...
tracking img