Estruturas de mercado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2209 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso: Ciências Contábeis
Disciplina: Introdução à Economia
Turno: Noite
Turma: 2011.1

Estruturas de Mercado

1. Estruturas de Mercado
As estruturas de mercado são modelos que captam aspectos inerentes de como os mercados estão organizados.
São dois os elementos que determinam as estruturas mercadológicas nas quais acontece a atuação da firmas: a quantidade deagentes e a natureza do produto final ou serviço ou do fator de produção.
As diferentes estruturas de mercado estão condicionadas por três variáveis principais: número de firmas produtoras no mercado; diferenciação do produto; existência de barreiras à entrada de novas empresas. 
No mercado de bens e serviços, as formas e mercado, segundo essas três características, sãoas seguintes: concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolística (ou imperfeita) e oligopólio. 
No mercado de fatores de produção, são definidos as formas de mercado em concorrência perfeita, concorrência imperfeita, monopólio e oligopólio no fornecimento de insumos. 
1.1 Estruturas clássicas básicas de mercado

As estruturas básicas de mercados são divididasem: concorrência perfeita,
monopólio, concorrência monopolista, oligopólio, monopsônio e oligopsônio e monopólio bilateral.

1.1.1 Concorrência perfeita
Como todas as formulações microeconômicas, a estrutura de mercado caracterizada
por concorrência perfeita é uma formulação irreal (ou seja, uma concepção ideal), porque os
mercados altamente concorrenciais não existem, na realidadesão apenas aproximações desse
modelo. Não obstante, é útil como aproximação para descrever o funcionamento econômico
de muitas realidades complexas.

* Hipóteses do modelo de concorrência perfeita
Dizemos que um mercado apresenta uma estrutura em concorrência perfeita quando:

1) Existe um grande número de produtores (também chamados de vendedores).
2) Cada um dos produtores épequeno em relação à dimensão do mercado.
3) Os produtos elaborados são homogêneos, sendo substitutos perfeitos entre si.
4) Existe um grande número de compradores, sendo que cada um deles é pequeno em
relação à dimensão do mercado.
5) Existe completa informação e conhecimento sobre o preço do produto por parte dos
produtores e dos consumidores.
6) Não existe habilidade dasfirmas para influenciar a procura de mercado através de
mecanismos extra-preços, como propaganda, melhoria de qualidade, mecanismos de
comercialização, etc.
7) A entrada e a saída de firmas no mercado são livres.

Exemplos de mercados com estruturas próximas da concorrência perfeita são os
produtores de hortaliças e os vendedores de picolé numa área de lazer.

1.1.2 MonopólioUma estrutura de mercado é caracterizada como sendo de monopólio quando temos
as seguintes condições:

1) o setor (ou mercado) produtor é constituído por uma única firma;
2) a firma em questão elabora um produto para o qual não existe substituto próximo;
3) existe concorrência entre os consumidores; e
4) a firma procura estabelecer mecanismos que garantam o monopólio domercado.

Exemplos de monopólios são os serviços de telefonia, águas e esgotos e energia
elétrica em uma cidade. Esse tipo de monopólio é estabelecido por concessão do setor
público.
Observe que em uma estrutura de mercado em concorrência perfeita temos um
grande número de firmas elaborando um bem homogêneo. No monopólio temos apenas uma
firma. A firma em concorrênciaperfeita controla apenas a quantidade produzida, enquanto a
firma em monopólio controla a produção ou o preço.
Consideramos que a firma monopolista não exerce qualquer influência nos preços
dos fatores de produção, ou seja, a firma monopolista obtém os fatores de produção no
mercado de concorrência perfeita e vende o seu produto num mercado com estrutura de
monopólio.
Na...
tracking img