Estruturas de mercado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1596 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Motocicleta no Brasil
A historia da motocicleta no Brasil começa no passado com a importação de muitas motos europeias e algumas de fabricação americana, no final da década de 10 já existiam cerca de 19 marcas rodando no país. Durante a guerra as importações de motos foram suspensas, mas retornaram com força após o final do conflito.
Primeira motocicleta fabricada no Brasil foi a Monarkhouve crescimento da indústria automobilística no Brasil, juntamente com a facilidade de compra dos carros, a partir da década de 60, praticamente paralisou a indústria de motocicleta, mas na década de 70 o motociclismo ressurgiu com força e inicio dos anos 80 surgiram varias montadoras, como a Honda, Yamaha, Piaggio, Brumana, Motovi, Alpina, etc. Nos anos 80 varias montadoras fecharam as portas, foiquando a Honda e a Yamaha começaram a dominar o mercado brasileiro.

Evolução da indústria brasileira de motocicletas

A indústria brasileira de motocicleta teve seu inicio a partir de 1970, com a chegada de duas empresas japonesas no Brasil, que importavam motocicletas do Japão. Com a proibição da importação do governo brasileiro, as duas montadoras não tiveram alternativa, senão se instalarno país e iniciar sua própria fabricação de motocicleta. Até 1993 o setor apresentava-se com baixa representatividade na economia brasileira.
De 1990 a 2008, cinco novas empresas entraram para o setor, modificando a sua configuração com a entrada de produtos chineses, aumentando a linha de financiamento de motocicletas o mercado ficou, mas dinâmico requerendo das organizações estratégias cadavez mais apuradas e competitivas.
Com a chegada da Yamaha e posteriormente da Honda, o setor começou a criar uma estrutura e configuração. A localização escolhida por estas duas empresas para a abertura das fabricas foi a ZFM (Zona Franca de Manas), baseando-se no incentivo fiscal que o governo oferecia as empresas instaladas na região, para importar equipamentos de alta tecnologia com custoscompetitivos em relação aos produzidos no brasil. Atualmente, Manaus e o polo industrial do setor, comportando todas as indústrias de motocicletas do país , as vendas do setor de motocicletas no Brasil estão próximas das vendas de automóveis com uma crescente e contínua demanda de motocicletas no mercado brasileiro e influenciada por fatores relacionados ao aumento desordenado das cidades, comoproblemas de congestionamento no trânsito, que podem ser comprovados percebendo-se o aumento rápido e constante da profissão de motociclistas nas grandes capitais. Outro fator são os custos de automóveis populares e o baixo preço das motocicletas, a melhor mobilidade no trânsito, economia de combustível, o baixo valor na manutenção tem influenciado o crescimento do mercado.

Sobre a ABRACICLO e oSetor de Duas Rodas
Com 35 anos de história e 12 associadas, a ABRACICLO - Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares - representa, no país, os interesses dos fabricantes de transporte em Duas Rodas, além de investir fortemente em ações que tenham por objetivo a busca pela paz no trânsito e pilotagem defensiva.
Representativa, a fabricaçãonacional de motocicletas - majoritariamente concentrada no Polo Industrial de Manaus (PIM) - está entre as cinco maiores do mundo. Já no segmento de bicicletas, o Brasil se encontra na terceira posição entre os principais produtores mundiais. No total, o Setor de Duas Rodas gera em suas indústrias cerca de 20 mil empregos diretos.
 
MOTOCICLETA | BICICLETA |
Frota Nacional: mais de 19 milhões| Frota Nacional: mais de 65 milhões |
Produção anual: mais de 2 milhões de unidades | Produção anual: mais de 5 milhões de unidades |
5º maior produtor mundial | 3º maior produtor mundial |



Estruturas clássicas básicas de mercado
As estruturas básicas de mercados são divididas em: concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolista, oligopólio, monopsônio e...
tracking img