Estruturas da personalidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6702 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A pesquisa visa a compreensão das estruturas da personalidade tanto no seu conceito como especificamente no que se pode dividir como: Estrutura da personalidade neurótica, Estrutura da personalidade perversa e Estrutura da personalidade psicótica. Tendo suas características comportamentais e psicossomáticas identificadas por meio dos devidos apontamentos realizados através do estudo dos sintomasbem como seus devidos tipos.

SUMÁRIO

FICHA DE APROVAÇÃO 3
1 INTRODUÇÃO 6
1.1 ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE 6
1.1.1 Id 6
1.1.2 Ego 6
1.1.3 Superego 7
1.2 PROCESSOS DA PERSONALIDADE 8
1.3 CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO 8
1.4 PSICOPATOLOGIA E MODIFICAÇÃO COMPORTAMENTAL 9
2 NEUROSE 10
2.1 TIPOS DENEUROSES..................................................................................................11
3 PERVERSÃO 16
3.1 ESTRUTURA PSÍQUICA E COMPORTALMENTAL 17
3.2 CARACTERÍSTICAS COMPORTALMENTAIS 17
3.3 CARACTERÍSTICAS PSICOSSOMÁTICAS 18
4 PSICOSE 20
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS 23
REFERÊNCIAS 24
1 INTRODUÇÃO
1.1 ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE

A expressão "estruturas da personalidade" refere-se àquelas características estáveis da personalidade. Asdiferentes teorias da personalidade se diferenciam quanto às estruturas consideradas como base para o estudo. As observações de Freud revelaram uma série interminável de conflitos e acordos psíquicos. A um instinto opunha-se outro. Eram proibições sociais que bloqueavam pulsões biológicas e os modos de enfrentar situações frequentemente chocavam-se uns com os outros. Ele tentou ordenar este caosaparente propondo três componentes básicos estruturais da psique: o Id, o Ego e o Superego.

1.1.1 Id

O Id contém tudo o que é herdado, que se acha presente no nascimento e está presente na constituição, acima de tudo os instintos que se originam da organização somática e encontram expressão psíquica sob formas que nos são desconhecidas. O Id é a estrutura da personalidade original, básica ecentral do ser humano, exposta tanto às exigências somáticas do corpo às exigências do ego e do superego. As leis lógicas do pensamento não se aplicam ao Id, havendo assim, impulsos contrários lado a lado, sem que um anule o outro, ou sem que um diminua o outro. O Id seria o reservatório de energia de toda a personalidade.
O Id pode ser associado a um cavalo cuja força é total, mas que depende docavaleiro para usar de modo adequado essa força. Os conteúdos do Id são quase todos inconscientes, eles incluem configurações mentais que nunca se tornaram conscientes, assim como o material que foi considerado inaceitável pela consciência. Um pensamento ou uma lembrança, excluído da consciência mas localizado na área do Id, será capaz de influenciar toda vida mental de uma pessoa.

1.1.2 Ego

OEgo é a parte do aparelho psíquico que está em contato com a realidade externa. O Ego se desenvolve a partir do Id, à medida que a pessoa vai tomando consciência de sua própria identidade, vai aprendendo a aplacar as constantes exigências do Id. Como a casca de uma árvore, o Ego protege o Id, mas extrai dele a energia suficiente para suas realizações. Ele tem a tarefa de garantir a saúde,segurança e sanidade da personalidade.
Uma das características principais do Ego é estabelecer a conexão entre a percepção sensorial e a ação muscular, ou seja, comandar o movimento voluntário. Ele tem a tarefa de autopreservação. Com referência aos acontecimentos externos, o Ego desempenha sua função dando conta dos estímulos externos, armazenando experiências sobre eles na memória, evitando o excesso deestímulos internos (mediante a fuga), lidando com estímulos moderados (através da adaptação) e aprendendo, através da atividade, a produzir modificações convenientes no mundo externo em seu próprio benefício.
Com referência aos acontecimentos internos, ou seja, em relação ao Id, o Ego desempenha a missão de obter controle sobre as exigências dos instintos, decidindo se elas devem ou não ser...
tracking img