Estrutura organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2724 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Neste trabalho pretende-se abordar o tema da gestão de conflitos, especialmente se refere ao contexto empresarial. Assim define-se o que é o conflito, quais as atitudes que os gestores e empregados, têm perante o conflito, quais as fontes de conflitos, alguns factores condicionantes de conflito, as melhores estratégias para lidar com os conflitos nas empresas.

Desde que o serhumano surgiu, constata-se a ocorrência de uma série de conflitos em sua vida, seja em termos pessoais, seja em termos profissionais. Conforme o homem desenvolveu-se cultural e tecnologicamente, os conflitos foram mudando não só quanto à intensidade, magnitude, como também quanto ao número de envolvidos. Importante ressaltar que não se deve desconsiderar, ainda, a época e o local que ocorrem,factores que os influenciam, e muito.

Para que um indivíduo possa superar conflitos, faz-se necessário saber lidar com eles, o que implica saber gerenciá-los. Contudo, muitas pessoas não sabem como administrá-los, independente das variáveis que o envolvam.

Para conseguir gerir uma situação conflituosa, é preciso um certo feeling (tacto, sensibilidade), embora, em alguns momentos, não será, por sisó, suficiente para alcançar uma solução eficiente e eficaz, que atenda a todas as partes envolvidas.

Nesse caso, deverão ser utilizados alguns procedimentos, expostos adiante, para gerir o conflito, a fim de possibilitar um resultado que agrade às partes envolvidas. Tais procedimentos não constituem regras seguidas para todas as pessoas, tampouco para todas as situações. Na verdade, devem serconsiderados apenas como princípios que devem ser levados em consideração, e aplicados de acordo com o bom senso. Afinal, cada caso é um caso.

Desde finais da década de 1980 uma abordagem teórica tem, crescentemente apoiado pesquisa na área de estudos organizacionais, referimo-nos á teoria institucional. Hoje em universidades e grupos de pesquisas espalhados pelo mundo mas concretamente emBrasil, tem sido este teórico de diferentes esforços de explicação de fenómenos organizacionais.

CONCEITOS

Poder é a forma mais contraditória da manifestação humana. Pelo poder somos capazes de tudo, fazemos e desfazemos nos unimos e nos afastamos.

Autoridade: é um género ou. uma simples fonte de poder. É a base de qualquer tipo de organização hierarquizada, sobretudo no sistema político. Ouseja, a autoridade transmite a mensagem de ordem sem dar razões ou algum argumento de justificação e os indivíduos subordinados a esta autoridade e aceitam e aceitam sem questionário.

Relações de Autoridade: é uma situação em modo geral definem e a estreita ligação entre poder estabilizado e institucionalizado os súbditos que prestam uma obediência incondicional e adoptada como critério decomportamento as ordens ou directrizes do sujeito activo sem avaliar propriamente o seu conteúdo.

OBJECTIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS

Esta investigação visa como objectivo geral avaliar até que ponto o clima organizacional poderá contribuir para a construção positivos ou negativos de eficácia profissional.Como objectivos específicos destacam-se principalmente:

1-Analisar a percepção do clima sócioemocional ou organizacional através de variáveis como o apoio, inovação, Objectivo, regras, conflitos interpessoais ou sobrecarga de trabalho;
2- Analisar as percepções de outo-eficácia dos trabalhadores mediante o estudo das seguintes variáveis, auto-eficácia profissional generalizada.

CAPITULO I - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

1.1- Poder e Autoridade

Na dinâmica da vida social o poder exerceforte fascínio sobre as criaturas.
Muitas pessoas desejam ocupar cargos que lhes conceda poder sobre outros indivíduos, mas poucas sabem exercer esse cargo com autoridade, ter poder não é o mesmo que ter autoridade.

Na visão de Max Weber, um dos fundadores da sociologia, e autor do livro ( A teoria da organização económica e social) descreveu que:

O poder é a faculdade de forçar ou...
tracking img