Estrutura em concreto armado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1362 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CONCRETO 1
Cargas Atuantes nas Estruturas
4.1. – Segurança das Estruturas: A segurança de uma estrutura está associada à confiança qualitativa que se possa dar a essa estrutura, ou seja, as estruturas devem ser projetadas de maneira tal a proporcionar qualidade de segurança satisfatória. Essa qualidade satisfatória está atrelada à baixa probabilidade de apresentar problemas associados àspatologias e às rupturas do sistema estrutural. Nas “Ações e Segurança nas Estruturas”, a Norma NBR 8681, estabelece as condições básicas para verificação das estruturas em duas situações: Estado Limite de Serviço e Estado Limite Ultimo. O primeiro deles, estabelece as condições mínimas de serviço e durabilidade da estrutura, ou seja, a estrutura atenderá minimamente às condições das ações atuantesque podem ser comprometidas, por exemplo, por danos estruturais causados por deformações excessivas que afetem a utilização da estrutura ou mesmo vibrações excessivas que causem desconforto de qualquer espécie. O segundo caso estabelece a máxima capacidade portante de uma estrutura, cuja ocorrência pode determinar a ruína total ou parcial dessa estrutura. Há, nesses casos, um esgotamento dacapacidade portante da estrutura, caracterizado, por exemplo, pela ruptura do concreto, fadiga, instabilidade provocadas por flambagem, escorregamento de barras, etc. Os elementos que atuam sobre uma estrutura e que podem provocar esforços ou deformações nestas, são as denominadas Cargas Atuantes nas Estruturas. Uma vez atuantes essas cargas, a fim de se estabelecer os valores de calculo dessas cargasou ações, das solicitações e das resistências dos materiais, estabelecem-se os denominados Coeficientes de Ponderação da Segurança, pois são obtidos através da majoração das ações e das solicitações e da minoração da resistência dos materiais empregados. São, em principio, estabelecidos alguns métodos de avaliação a fim de verificarse a segurança das estruturas que poderíamos citar: método datensão admissível, método da ruptura e método probabilístico. O método das tensões admissíveis, remonta às propostas da Resistência dos Materiais, quando se apresenta a imposição de que a maior tensão de trabalho não ultrapasse a tensão admissível do material, que é definida como sendo a
Prof. Eng. Miquéias V. Lemes Pág. 1

CONCRETO 1
resistência do material dividida por um numero cujosignificado seja o de corrigir essa resistência, ou seja, por um coeficiente de ponderação da segurança como é conhecido atualmente. Anteriormente dizia-se simplesmente coeficiente de segurança. O método da ruptura consiste na imposição de um limite para a carga de serviço de maneira tal que a aplicação dessa carga multiplicada pelo coeficiente de majoração externo acarreta na ruína da estrutura. Com oaprimoramento das técnicas e com o maior conhecimento técnico experimental das estruturas, a aplicação desses coeficientes de majoração também sofreram novas metodologias de avaliação. Surge, assim, os denominados métodos probabilísticos, quando se estabelece que a segurança das estruturas pode ser afetada por uma serie de fatores de diversas procedências, tais como as variáveis cargas ou açõesatuantes sobre essas estruturas, das resistências e das deformações, das imprecisões de execução, etc. Ao contrario dos critérios determinísticos das tensões admissíveis ou da ruptura, o método probabilístico estabelece a troca do coeficiente de segurança pelo critério ou pelo conceito de probabilidade de ocorrência das ações. Entretanto, pela difícil aplicação desse método na verificação dasegurança, pela sua complexidade, termina-se por adotar nas estruturas correntes de concreto armado o método semi-probabilístico. Nesses casos, os valores de cálculo Fk das ações, devem ser majoradas pelo coeficiente de ponderação γf, representado por: γf = γf1 . γf2 . γf3 onde γf1 considera a variabilidade das ações; γf2 considera a simultaneidade das ações e

γf3 considera os desvios gerados nas...
tracking img