Estrategia de marketing em uma rede de supermercados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Mais Estranho que a Ficção

Sujeito:
Ativo: No filme em questão podemos identificar o sujeito passivo como sendo o Estado, pois este tem o direito de exigir a obrigaçãotributária imposta a proprietária da padaria, que pagou somente 78% dos impostos totais devidos.
Passivo: Consideramos o passivo direto o contribuinte, ou seja, aquele que tem relaçãopessoal e direta com a situação que constitua o fato gerador tributário. Aqui identificamos a Padeira Ana Paschoal. Se o sujeito passivo direto não cumpre com a obrigação tributária,então ele (o contribuinte) é o próprio a ser responsabilizado pelo inadimplência da obrigação, ou seja, 22% , pois ela não concordou com três diferentes destinos desse impostos (Resgatede grandes empresas, Fundos de campanha e Defesa Militar)
Fato Gerador: No filme considera-se o fato gerador a necessidade dos cumprimentos e das obrigações tributárias por parte donegócio envolvido, ou seja, a padaria que deve ao Estado 22% em tributos.
Incidência: A Auditoria encontrou 22% de inadimplência no ano corrente, logo o auditor pesquisou osúltimos três anos para averiguar se não houve incidência do não pagamento.
Impostos: Os impostos dos Estados Unidos são diferentes dos exigidos no Brasil, porém se fossemos adaptar para arealidade brasileira, os impostos a serem cobrados seriam ICMS, PIS, COFINS, IPTU, INSS, IR estas taxas são cobradas de acordo com o Estado.
Domicilio: No filme consideramosdomicilio o local físico onde a padaria esta instalada.
Lançamento crédito tributário: Acreditamos que alguns produtos da padaria, doados aos menos favorecidos, possa entrar como umcrédito tributário, a fim de sanar a divida de 22%.
Lançamentos:
IPTU: Verificação feita pelo fisco
IR: Homologação, legalidade do fato
Declaração: Bens; Serviços e valores
tracking img