Estrangeirismos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Professor Titular e Emérito da UERJ e da UFF, membro da ABF e da ABL, sócio-correspondente da Academia de Ciências de Lisboa e Doutor Honoris Causa da Universidade de Coimbra. Bechara considera queo estrangeirismo não é um inimigo da língua “pura e única”, mas sim um problema de política e educação lingüística. Ainda segundo o professor, estrangeirismos devem ser evitados apenas quando seu usose faz desnecessário por já existência de equivalente na língua: não há motivos para o uso do francês coiffeur se temos cabeleireiro em português. Isso não se aplica, por exemplo, na utilização dotermo mouse (acessório manual para guiar o cursor na tela do computador) que não possui termo correspondente em nossa língua, sendo, portanto, justificável seu uso. A posição do autor fica bem clarano seguinte trecho de uma entrevista concedida:
O problema do estrangeirismo tem sido muito mal focalizado. [...] Estão mal formuladas questões do tipo: o estrangeirismo é um inimigo da língua, oestrangeirismo macula a pureza do idioma. O que devemos evitar é o estrangeirismo desnecessário por ter sucedâneo à altura (BECHARA, 2005).

José Carlos Santos de Azeredo é doutor em letras pelaUniversidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde lecionou língua portuguesa de 1970 a 1996. Hoje, é professor adjunto do Instituto de Letras da UERJ. Azeredo não considera o estrangeirismo umproblema, mas sim apenas um dos processos de neologismos. Em sua Gramática Houaiss, dedica um espaço para explicar os processos fundamentais do estrangeirismo: xenismo, “em que o estrangeiro conserva aforma gráfica de origem: [...] rack (móvel para acomodar aparelhagem de som)”; adaptações, “em que o estrangeirismo se submete à morfologia do português: checar (apurar a verdade, conferir do ing.check)”; decalques, “em que há uma tradução literal do estrangeirismo: alta costura (fr. haute couture)”; e siglas ou acrônimos, “em que se empregam as iniciais das palavras constitutivas da expressão...
tracking img