Estrangeirismos: descaracterização ou enriquecimento da língua portuguesa do brasil?

MÉRCIA APARECIDA NUNES VASCONCELLOS

A DIALÉTICA DA CULTURA: O USO DE ANGLICISMOS NA MÍDIA

MARÍLIA 2005

2

MÉRCIA APARECIDA NUNES VASCONCELLOS

A DIALÉTICA DA CULTURA: O USO DEANGLICISMOS NA MÍDIA

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Marília, para a obtenção do título de Mestre em Comunicação. Área de concentração: Mídia eCultura. Linha de Pesquisa: Produção e Recepção de Mídia. Sob a orientação da Professora Doutora Jussara Rezende Araújo.

MARÍLIA 2005

3 UNIVERSIDADE DE MARÍLIA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO, EDUCAÇÃO ETURISMO

REITOR MÁRCIO MESQUITA SERVA

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO: PROFa. Dra. SUELY FADUL VILLIBOR FLORY

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO MÍDIA E CULTURA

LINHA DE PESQUISAPRODUÇÃO E RECEPÇAO DE MÍDIA

ORIENTADORA PROFa. Dra. JUSSARA REZENDE ARAÚJO

4

A DIALÉTICA DA CULTURA: O USO DE ANGLICISMOS NA MÍDIA

Autora: Mércia Aparecida Nunes Vasconcellos Orientadora:Professora doutora Jussara Rezende Araújo

Aprovado pela Comissão Examinadora

________________________________ Profa. Dra. Jussara Rezende Araújo Orientadora

________________________________ Prof.Dra. Loredana Límoli

________________________________ Profa. Dra. Suely Fadul Villibor Flory

Data da defesa: 27/06/2005.

5 RESUMO

A presente pesquisa investigou os motivos pelos quais ouso de anglicismos (xenismos) na mídia incomoda o senso comum, gera debates acalorados que resultam no Projeto de Lei nº 1676/99, do deputado Aldo Rebelo, e o problema da fixação no homem-massa nacrença de que a infra-estrutura econômica determina a linguagem. A investigação apontou algumas escolas científicas que explicam o fenômeno do anglicismo no contexto do senso metacomunicacional e escolascientíficas em que cultura e civilização são vistas em uma relação contraditória, gerando uma dialética própria em que ao mesmo tempo que a linguagem revela a luta de classe, deixa um ponto obscuro...
tracking img