Estrangeirismos: descaracterização ou enriquecimento da língua portuguesa do brasil?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 152 (37916 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MÉRCIA APARECIDA NUNES VASCONCELLOS

A DIALÉTICA DA CULTURA: O USO DE ANGLICISMOS NA MÍDIA

MARÍLIA 2005

2

MÉRCIA APARECIDA NUNES VASCONCELLOS

A DIALÉTICA DA CULTURA: O USO DE ANGLICISMOS NA MÍDIA

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Marília, para a obtenção do título de Mestre em Comunicação. Área de concentração: Mídia eCultura. Linha de Pesquisa: Produção e Recepção de Mídia. Sob a orientação da Professora Doutora Jussara Rezende Araújo.

MARÍLIA 2005

3 UNIVERSIDADE DE MARÍLIA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO, EDUCAÇÃO E TURISMO

REITOR MÁRCIO MESQUITA SERVA

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO: PROFa. Dra. SUELY FADUL VILLIBOR FLORY

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO MÍDIA E CULTURA

LINHA DE PESQUISAPRODUÇÃO E RECEPÇAO DE MÍDIA

ORIENTADORA PROFa. Dra. JUSSARA REZENDE ARAÚJO

4

A DIALÉTICA DA CULTURA: O USO DE ANGLICISMOS NA MÍDIA

Autora: Mércia Aparecida Nunes Vasconcellos Orientadora: Professora doutora Jussara Rezende Araújo

Aprovado pela Comissão Examinadora

________________________________ Profa. Dra. Jussara Rezende Araújo Orientadora

________________________________ Prof.Dra. Loredana Límoli

________________________________ Profa. Dra. Suely Fadul Villibor Flory

Data da defesa: 27/06/2005.

5 RESUMO

A presente pesquisa investigou os motivos pelos quais o uso de anglicismos (xenismos) na mídia incomoda o senso comum, gera debates acalorados que resultam no Projeto de Lei nº 1676/99, do deputado Aldo Rebelo, e o problema da fixação no homem-massa nacrença de que a infra-estrutura econômica determina a linguagem. A investigação apontou algumas escolas científicas que explicam o fenômeno do anglicismo no contexto do senso metacomunicacional e escolas científicas em que cultura e civilização são vistas em uma relação contraditória, gerando uma dialética própria em que ao mesmo tempo que a linguagem revela a luta de classe, deixa um ponto obscuroquanto às causas proxêmicas e históricas dessa luta. A contradição impede que a linguagem seja aprisionada como algo puro ou algo puramente proxêmico e ideológico, como vamos mostrar através de autores como Paulo Ghiraldelli Jr. e outros, que afirma que a linguagem “se faz por uma triangulação que está longe de necessitar que os nomes estejam presos, de modo exclusivo, a significados”. Palavras-chave:Aculturação, Anglicismo, Meios de Comunicação de Massa e Xenismos.

6

ABSTRACT

This research investigated the reasons why the use of anglicism on media annoys the common sense, it begets excited discussions which results in the Projeto de Lei nº 1676/99, of the politics Aldo Rebelo, and the problem of the fixation in the mass-man in the belief that the economical infra-structuredetermines the language. The investigation pointed out some scientific schools which explain the anglicism phenomenon in the context of the met communicational sense in which culture and civilization are seen as a contradictory relationship begetting a dialectic proper in which the same time it reveals the class conflict, it allows an obscure point in relation t the proxemics and historical causes of thisconflict. The contradiction prevents the language of being imprisoned as something pure or something purely proxemic and ideological, as we are going to show through some authors as Paulo Ghiraldelli Jr. and others, who affirm that the language “is done by a triangulation which is far of needing that the names be imprisoned, in an exhaustive way, to the meanings”.

Key-words: Acculturation,Anglicism, Mass Media, “Xenismos”

7

Agradecimentos

A Deus: pela vida e pela saúde! A meus pais, Moyzés e Vera, pelo amor, pelos cuidados, pela educação e formação e pelos incentivos. A forte presença de ambos em minha vida sempre foi marcada pela dignidade, carinho, compreensão e sensatez. A Lara Maria, minha filha, pela compreensão. Peço desculpas pelas horas que não passei com você....
tracking img