Estoque

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BELO HORIZONTE, OUTUBRO DE 2010



PIP I- OTIMIZAÇÃO DE ESTOQUE
“QUAL A NECESSIDADE DA OTIMIZAÇÃO DO ESTOQUE?”





Leandro Rocha
Leonardo Roberto

Palavras- chave: estoque, armazenagem e produção.
Introdução:
O Controle de estoque ou Controlo de Stock é uma área muito importante de uma empresa, grande ou pequena, pois é através dele que ela será capaz de prever o quantoque será necessário comprar no próximo pedido ao fornecedor, produzir ou emitir produtos, além de fornecer informações úteis sobre as vendas, já que muitas vezes os relatórios do setor de vendas não são muito claros, ou até mesmo não estão ligados a produção e não condizem com a realidade de entrada e saída de material nas empresas, afinal, o setor de vendas quer comissões.

O principalobjetivo do controle de estoque “é otimizar o investimento em estoques, aumentando o uso eficiente dos meios internos de uma empresa, e minimizar as necessidades de capital investido em estoque”. (Marco Aurélio Dias, Administração de Materiais, 1995). No Site da www.neolog.com.br formam determinadas algumas questões que serão debatidas abaixo:

Qual a necessidade do estoque? Estoque é necessário?Deve-se buscar estoque zero? Pode-se ser eficiente com estoques?

Estas e outras são perguntas que passam pelas cabeças dos gestores da cadeia produtiva. Gerenciar as incertezas e restrições através de uma cadeia complexa é mais um dos desafios que planejadores enfrentam no dia a dia.
Otimizar os níveis e a alocação dos estoques é fundamental para qualquer empresa. Isso porque são váriasas contribuições que o estoque bem alocado, em níveis adequados, pode trazer. A necessidade de um controle dos gastos operacionais são latentes no que diz respeito as empresas que mantém estoque.
Quando vemos um galpão, não imaginamos a dificuldade que se tem em controlar e manter o estoque, que passa desde a produção, transporte, armazenagem até o cliente final.
Obviamente, emhavendo produto disponível pode-se atender a demanda dos clientes e consumidores. O tempo de produção ou ainda o tempo de transferência de estoque pode significar a perda do cliente para um concorrente. Por causa da diversidade e do número de produtos; dos elevados custos de capital; e a redução do CCL – Capital Circulante Líquido para melhorar os indicadores da empresa.
O processo de gestão econtrole dos estoques está diretamente ligado às decisões de compras dentro do processo logístico. A precisão no planejamento das quantidades a serem compradas depende da informação precisa dos níveis de estoques para determinar a capacidade de absorção de novas aquisições dentro da empresa.

Os processos de secundários da gestão de estoque desempenham papel importante, principalmente porque suasdefinições tangem a qualidade do serviço:

• Armazenagem: envolve as questões relativas ao espaço necessário para estocagem dos produtos.
• Manuseio de materiais: refere-se à movimentação dos produtos no local de armazenagem.
• Embalagem de proteção: sua finalidade é proteger o produto.
• Programação de produtos: compreende programar, quando da necessidade de produção e seusrespectivos itens da lista de materiais.
• Manutenção de informação: exige uma base de dados para o planejamento e o controle da logística.

Justificava:
Se por um lado o estoque é uma proteção para uma eventual parada na linha de produção, por defeito ou necessidade de manutenção, por outro lado este mesmo estoque permite absorver mudanças na demanda que não foram previstosantecipadamente pelo processo de gestão da demanda.
As vantagens apresentadas por Ballou (1993) em relação a correta gestão dos estoques são: a melhoria dos serviços de atendimento ao consumidor; os estoques agem como amortecedores entre a demanda e o suprimento; podem proporcionam economia de escala nas compras e; agem como proteção contra aumento de preços e contingências. A...
tracking img