Estilistas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3879 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PAUL POIRET
Paul Poiret filho de um comerciante nasceu em 1879, Paris. Foi empregado como desenhista na maison Doucet e em 1904 cria sua própria maison. Interessado pela moda começou a vender seus desenhos, obteve tamanha fama que em 1909 foi chamada para realizar seu primeiro desfile na 10 Downing Street, casa de um dos primeiros ministros britânicos. Poiret investiu naquilo que não era usual,mas que atualmente pode-se chamar padrão em grandes marcas.

Poiret libertou as mulheres dos espartilhos e das silhuetas em forma de ampulheta, deixando as mais confortáveis com as saias de corte reto que ficavam de cinco a seis centímetros de distancia do chão, esta era usada a baixo do busto substituindo o espartilho.

Outras criações dele foram a saia hobble, calça sherazade, túnicas abajure o sutien geralmente de cores fortes e tecidos brilhantes.

Devido a primeira guerra mundial Paul Poiret se dedicou a fabricação de uniformes, retornando apenas em 1919 a Maison, na qual já não obtinha tanto sucesso devido a moda minimalista e extremamente bem acabadas de Coco Chanel, isso fez com que desvalorizasse suas peças, em 1929 a maison fali, tendo as peças restantes vendidas comoretalhos.

Esquecido Poiret morre em 1944.






































CHARLES REDFERN
Charles Poynter Redfern é filho de um designer inglês, John Redfern, nasceu em 1853 e morreu em 1929. Foi a sua Maison criada em 1831 que iniciou o vestuário feminino sob medida ligado ao vestuário masculino (tailleur) e ao “sobretudo”, estes foram os trajesadotado por toda uma geração de elegantes utilizado por muito tempo. Foi no teatro que sua criatividade expandiu, e também obteve um maior reconhecimento pelos seus figurinos grandiosos.






























JACQUES DOUCET
Jacques Doucet, nasceu de uma família rica no ano de 1853, eles eram donos da “Doucet lingerie” que brilhava em 1824 na rue de La paix.Jacques era um burguês dicreto, distinto e elegante que durante toda a sua vida sonhou em vestir as mulheres mais elegantes da sociedade. Nos últimos anos do sec. XIX, ele transforma o comercio dos botões de luxo, das lingeries, das rendas, das cambraias finas e as camisas sob medida que eram feitas em sua própria Maison que herdou de sua família. Doucet conserva o gosto da tradição de sua família portecidos leves e translúcidos, alem de ter muito talento para fazer sobreposição de tons coloridos pasteis.

A belle epoque faz o uso de frufrus, a linha sinuosa e arqueada, os ruches de renda em tons de flores esmaecidas, características tais que casam perfeitamente com os vestidos para as mulheres de vida alegre que eram feitos pela Maison Doucet. Monsieur Jacques, como era conhecido, foi umfigurinista que tinha mais um sentimento consciente do que apaixonado, e deve ser lembrado também pela sua sensibilidade e ambição de ser um grande colecionador, constituiu uma das mais admiradas coleções de moveis, objetos de arte, pinturas e esculturas do sec. XVIII , mas em 1912, desfaz-se de toda a sua primeira coleção, num leilão. Seu nome é ligado a duas bibliotecas que ele fundou e legou aoEstado.










MARIANO FORTUNY
Mariano Fortuny nasceu em 1871 em Granada, sua família, originaria da Espanha, era de artistas cosmopolitas. Fortuny era um homem muito viajado, andou pela Europa experimentando diversas áreas da arte, dedicou a maior parte de seus estudos na fotografia em Paris, especializando-se em nus e retratos muitas vezes usado como estudos para seus quadros,porem em 1905, decide fixar-se definitivamente em Veneza, ele e sua esposa dedicam-se a pintura, escultura, fotografia, criação de tecidos, cenografia, desenhos de moveis e coleções de obras de arte variadas. Em 1907, abriu uma pequena mas de sucesso industria têxtil, produzindo tecidos estampados com técnicas que ele inventou e ele mesmo patenteou. Foi o inventor do sistema de iluminação cênica,...
tracking img