ESTETICA E COSMETICA

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2379 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTÉTICA E COSMÉTICA












Veranópolis
2014
INTRODUÇÃO

O tema desse estudo é o padrão estético que é sustentado, em sua grande parte, por cirurgias plásticas e a interferência da mídia nesse processo. O presente artigo aborda o padrão estético atual e como eles mudam com o tempo como é valorizada também, e, que hoje a estética está ultrapassando o bom senso,tudo isso será esclarecido melhor ao decorrer das páginas.





















OBJETIVO

A estética hoje é muito valorizada pela sociedade, com isso nosso trabalho tem o objetivo de relatar o porquê de ser uma profissão tão procurada, principalmente por mulheres. Também queremos mostrar os benefícios que traz às pessoas.JUSTIFICATIVA

As pessoas tem necessidade de se sentirem bem e, com sua autoestima elevada. Por isso a estética hoje é muito valorizada. A partir desta ideia resolvemos fazer nosso trabalho sobre tal assunto, e, também pela vontade de trabalhar com isso futuramente.






















A ESTÉTICA É MUITO VALORIZADA POR INFLUÊNCIA DA MIDIA

Hoje em dia, temos grandesempresas voltadas para a área da beleza instaladas no país. Paralelamente, a medicina também evoluiu em virtude do embelezamento e da satisfação física, fato que tornou a operação plástica um dos métodos de aprimoramento físicos mais procurados atualmente.
Segundo, Gabriela Rhoden Padilha cursante de estética e cosmética. As cobranças referentes ao padrão de beleza ideal tornaram-se intensas com oadvento da televisão no Brasil. Apoiadas pelas revistas de grande circulação no país este novo modelo estético ganhou considerável espaço de visibilidade, assim como passou a determinar o estereótipo de beleza a ser seguido. Outro veiculo de grande importância para sedimentar tais normas na sociedade foi o cinema, que surgiu na década de 90 do século XIX, mesmo sendo pouco acessível a grande parteda população lançou tendências de comportamento, vestuário, mentalidade, etc...
Em meio à descoberta de tantos veículos de comunicação e entretenimento emerge o ideal da juventude eterna e com ele o jovem torna-se um dos principais alvos do consumo de massa. Como o adolescente se encontra em uma fase de transição, ele tem a necessidade de se apegar a algum tipo de moda e se incluiu em algum gruposocial, logo, é normal que se adapte às tendências de sua época. Em função disso, a mídia passou a vê-los como um meio de promoção de seus produtos e serviços, como faz até hoje.
A maneira mais evidente de perceber isso são os comerciais que vendem produtos “rejuvenescedores” junto com a promessa de um rosto perfeito: jovem, sem nenhuma ruga, vinte anos mais novo. Com isso, o mito da eternajuventude afirma-se prometendo a jovialidade duradoura.
Desde então, as empresas usam a mídia para vender seus produtos, mostrando o padrão estético perfeito, na forma de uma mensagem direta e convincente. O teor desta propaganda apresenta a felicidade ao alcance de todos e a plena aceitação social.
Algumas vezes, o apelo ocorre via celebridades, que são admiradas por muitas pessoas e, às vezes,mais pela sua beleza do que pelo seu trabalho. Também um exemplo muito marcante em relação entre mídia e padrão estético são as propagandas de cerveja, que dão mais ênfase para o lado ousado, onde os modelos aparecem com corpos perfeitos, normalmente sendo desejadas por outra pessoa do sexo oposto. A mensagem divulga nestas peças publicitárias é que devemos ser daquela forma para sermos desejadose aceitos.
O mercado de trabalho midiático reproduz o modelo estético através de um padrão de beleza que vincula o preenchimento de determinados cargos, por exemplo: apresentadora de telejornal, ao tipo físico do candidato à vaga. De maneira geral, os trabalhadores midiáticos, sejam eles jornalistas ou apresentadores, seguem um rígido padrão estético segundo os atuais parâmetros de beleza...