Estatuto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTATUTO
DA
ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO
RESIDENCIAL JOÃO PAULO DO CURUÇAMBÁ
E
ATA DEFUNDAÇÃO E PASSE DA
DIRETORIA
FICA NO BAIRRO DO CURUÇAMBÁ
CIDADE DE ANANINDEUA
ESTADO DO PARÁ AO NORTE DO BRASIL

ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO RESIDENCIAL JOÃO
PAULO DO CURUÇAMBÁ
ESTATUTO
CAPÍTULO 1
Denominação. Natureza. Endereço. Fins.
Artigo 1º - Com o houver: De associação dos moradores doResidencial João Paulo é constituído pó tempo indeterminado e com numero ilimitado de associados é um organizado não governamental de caráter filantrópica sem fins lucrativos com característica de pessoa jurídica de direitos privados em busca de bem-estar fazendo ou dando assistência social para moradores local do residencial João Paulo como a todos as pessoas que nos procurar e que precisa que estejaao nosso do alcance mesmo que nos passamos ajuda o terceiros como, a empresários publicitários, técnicos (Governo Federal Estadual e Municipal) como religiosos, em todas as áreas que formos possíveis; (escritório administrativo) Endereço: Rua: oliveira Q: 09 n°: 03 Residencial João Paulo Bairro Do Curuçambá cidade de Ananindeua.
Artigo 2º - A associação: Tem por finalidade a iniciativa a praticade amor de Deus sobre todas as coisas e o teu próximo como ati mesmo a união o progresso em todas as áreas que for útil a sociedade, colocando como o poder publica no âmbito municipal, e lutar junto a outras que venha trazer beneficio a população desde que não seja proibido por lei.
Artigo 3º - Associação: É autonomia e soberana em suas decisões e não esta sujeita a qualquer outra, e sóreconhece o direito de cada uma razões vida do coração, respeitando as autoridade na forma da lei.
CAPÍTULO 2
Dos Moradores, Admissão e Direitos
Artigo 4º - A associação: Numero ilimitado de moradores sócios, sem distinção de seco (masculino ou feminino) raça, cor e nacionalidade.
Artigo 5º- A Admissão: Acontece mediante através do indivíduo mediante casta dirigidas ao presidente.
Artigo 6º- Osócio: Terá os seguintes direitos desde que esteja em plano vigor. Com suas obrigações. Ser pessoas de idoneidade moral exemplar e ter bons antecedentes.
a) Participar de todas as atividades
b) Votar e ser votado.
Artigo 7º - São deveres: Dos sócios contribuírem em tudo o que for preciso zelar bem esta da associação.
Artigo 8º - O desligamento: (comissão) será quando o sujeitose torna pessoa na grata (infrator) desobedecendo a ás leis de jalohim, estatutária e de nosso país, ou quando por vontade própria invalidez, ou por norte.
Parágrafo único – Nem um direito terá quem for desligado por qualquer motivo.
CAPITULO 3
Patrimônio e Receita
Artigo 9º - O patrimônio da associação será constituído pelo bens, moveis imóveis e semoventes que possua ou que venha adquirir deforma legal quais serão resgatados em seus nome ( CNPJ) em cartório competente.
Artigo 10º - A receita de associação será constituída de contribuição obrigatória de seus sócios e (voluntários (a)) por não sócio de pessoas, físicas, jurídicas, órgão de governos, estatais e privadas que será aplicado exclusivamente em suas finalidades.
Artigo 11º - Os sócios não respondem nem mesmo subsidiarmentos por responsabilidades contraídas pelas diretorias nem pelas contraídas pelo sócios a não ser facão um acordo.
Artigo 12º – O orçamento paralelo da receita diretoria poderá promover eventos para garantir fundos (recursos) para a associação na hora de necessidade estando de forma legais como fazer vendas, rifas, bingo, festivais esportivos, religião, seminários, foram e etc... Não de maneirasescusas calco bebidas formas etc...
CAPITULO 4
A Administração
Artigo 13º - A administração será exercida por uma diretoria composta, Diretoria e Vice-Diretoria.
1. PRESIDENTE
2. VICE-PRESIDENTE
3. 1º SECRETARIO(A)
4. 2º SECRETARIO(A)
5. 1º TESOUREIRO(A)
6. 2º TESOUREIRO(A)
7. REALÇÃO PUBLICA
8. CONSELHOS FISCAL
9. DIRETOR DE ESPORTE,
LAZER E CULTURA...
tracking img