Estatistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1476 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


Sistema de Aprendizagem

Técnico/a de Manutenção Industrial de Metalurgia e Metalomecânica (nível 4)

[pic]


Estatística



6672 – Organização, análise da informação e probabilidade.

Maira do Paço







Carina Santos
30 de Janeiro de 2013
Estatística

Breve Evolução Histórica Da Estatística
O termo estatística surge da expressão em Latim statisticumcollegium , palestra sobre os assuntos do Estado, de onde surgiu a palavra em língua italiana statista, que significa "homem de estado", ou político, e a palavra alemã Statistik, designando a análise de dados sobre o Estado. A palavra foi proposta pela primeira vez no século XVII, em latim, por Schmeitzel na Universidade de Lena e adotada pelo acadêmico alemão Godofredo Achenwall. Aparece comovocabulário na Enciclopédia Britânica em 1797, e adquiriu um significado de coleta e classificação de dados, no início do século XIX.

Importância Da Estatística Em Diversos Domínios Do Mundo Atual
    A importância da estatística pode ser vista através da sua utilização ao nível do Estado, de organizações sociais e profissionais, do cidadão comum e ao nível científico.

 O grau de importânciaatribuída à estatística é tão grande que praticamente todos os governos possuem organismos oficiais destinados à realização de estudos estatísticos. Em Portugal esse organismo é designado por Instituto Nacional de Estatística ( I.N.E.) e foi fundado em 1935.

        A estatística é responsável pelo desenvolvimento científico em geral. Para além da sua aplicabilidade nas ciências naturais, namedicina, na agronomia e na economia, a estatística constitui um suporte de cientificidade para as ciências humanas e sociais. É assim que ciência como a sociologia, a psicologia, a história e a pedagogia têm beneficiado de consideráveis desenvolvimentos e de aumento de credibilidade pública com a sua utilização.

        De uma forma sintética, pode dizer-se que a estatística é um conjunto detécnicas apropriadas para recolher, classificar, apresentar e interpretar conjuntos de dados numéricos.

       Assim, a estatística constitui-se fundamentalmente como método e não como uma teoria, pois o seu objetivo é descrever os fenómenos e não tanto explicá-los.

       Como a estatística é um ramo de matemática aplicada, os seus métodos são rigorosos e precisos. Apesar da objetividade que amatemática confere aos métodos estatísticos, deve ter-se em conta que os seus resultados incorporam alguma subjetividade. Tal subjetividade resulta principalmente da qualidade das medidas e das observações, o que é particularmente crítico no caso das ciências sociais e humanas.

[pic]



Objeto Da Estatística

A importância de que se revestem os métodos que visam exprimir a informaçãorelevante contida numa grande massa de dados através de um número muito menor de valores ou medidas características ou através de gráficos simples, é tal que a estatística descritiva se debruça a estudar os métodos que o permitam.
Pelo progresso da ciência que exige que se atenda mais profundamente à aquisição, qualidade e tratamento de dados, J. Tuckey introduziu um conjunto de técnicasestatísticas a que chamou “Data Analisys”. Na análise de dados reconhecem-se duas componentes: uma mais próxima da estatística descritiva e outra da estatística indutiva.
• A estatística descritiva – análise exploratória de dados – pretende isolar as estruturas e padrões mais relevantes e estáveis patenteados pelo conjunto de dados objetos do estudo, (Primeira fase em que se procura descrever e estudara amostra).
• A estatística indutiva – análise confirmatória de dados – pretende avaliar, nomeadamente, através da recolha e análise de novas observações, a reprodutividade ou permanência das estruturas e padrões detetados, (Segunda fase em que se procura tirar conclusões para a população).



População e Amostra
Qualquer estudo científico enfrenta o dilema de estudo da...
tracking img