Estampagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5426 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTAMPAGEM

A estampagem é um processo de conformação mecânica realizado geralmente a frio, que compreende um conjunto de operações, por intermédio das quais uma chapa plana é submetida a transformações de modo a adquirir uma nova forma geométrica, plana ou oca.
A deformação plástica é levada a efeito com o emprego de prensas de estampagem, com o auxílio de dispositivos especiais chamadosestampos ou matrizes.
Compreende as seguintes operações:

Corte
Dobramento e curvamento
Estampagem profunda

Enquanto as duas primeiras são normalmente realizadas a frio, a terceira pode ser realizada a quente, de acordo com as necessidades técnicas.
Tipos de estampo:

Simples: Esse tipo tem apenas uma seção, onde se processa o serviço, após a primeira descida da prensa já se obtémuma peça cortada.
Prograssivo: O estampo é composto por várias seções, onde são instalados os punções. Para formatar, a peça a chapa tem de passar por todas as seções, de modo que se o punção tiver três seções, só após a terceira batida da prensa, no início do processo, se conclui a primeira peça, a partir daí, a toda batida da prensa obtém-se uma nova peça.

Material do estampos: Para amatriz e punção empregam-se aços ligas – aço indeformável.
Material do chapas: A composição das chapas varia de acordo com o trabalho: Corte, dobra e repuxo. As chapas devem ser especificadas de conformidade com a operação, principalmente no caso de repuxo.

Corte

O processo corresponde a obtenção de formas geométricas determinadas, a partir de chapas, submetidas a ação de uma ferramenta oupunção de corte, aplicada por intermédio de prensa que exerce pressão sobre a chapa apoiada numa matriz. No instante em que o punção penetra na matriz, o esforço de compressão converte-se em esforço de cisalhamento e ocorre o desprendimento brusco de um pedaço de chapa.

Chamando s a espessura da chapa e d o diâmetro do punção, verificou-se experimentalmente que, para chapas de aço e punção deaço temperado, a relação s/d apresenta o valor máximo de 1,2, o que significa que, em principio, a espessura da chapa a ser cortada deve ser igual ao menor diâmetro do punção.

A figura mostra que formas mais variadas podem ser obtidas de chapas, mediante a operação de corte descrita.
As figuras obtidas pelo corte de chapas podem, eventualmente, ser utilizadas para uma operação posterior deestampagem profunda.
Matriz para corte: a figura abaixo mostra os principais componentes de uma matriz de corte relativamente simples.


O punção deve apresentar secção conforme o contorno desejado da peça a extrair da chapa; do mesmo modo, a cavidade da matriz.
É muito importante, o estabelecimento do valor para a folga entre o punção e a matriz. Essa folga depende da espessura da chapaa ser submetida ao corte e do tipo de material, que pode ser duro ou mole. O gráfico mostra a determinação da referida folga.



Quanto menores a espessura da chapa e o diâmetro do punção, menor a folga, e vice-versa.
Esforço de corte: a equação que permite determinar o esforço para o corte é a seguinte:


Dobramento

A imagem abaixo mostra as fases de operações simples dedobramento, nas quais se procura manter a espessura da chapa ou evitar qualquer outra alteração dimensional.



Em operações mais simples de dobramento, para obtenção de elementos relativamente curtos, unam-se matrizes, montadas em prensas de estampagem.

No dobramento, dois fatores são importantes: o raio de curvatura e a elasticidade do material. Deve-se sempre evitar cantos vivos, para o quedevem ser fixados raios de curvatura que correspondem a 1 a 2 vezes a espessura da chapa para materiais moles e a 3 a 4 vezes a espessura para materiais duros.
No caso de materiais mais duros, devido aos característicos de elasticidade dos metais, é comum que, depois de realizado o esforço de dobramento, a chapa tenda a voltar a sua forma primitiva, de modo que se recomenda construir as...
tracking img