Estagio supervisionado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 42 (10286 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
HISTÓRIA – 5º SEMESTRE

EDNA VANESSA DA ROCHA















ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO –
5º SEMESTRE – OBSERVAÇÃO E REGÊNCIA NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL


















São Joao do Paraiso
2012




EDNA VANESSA DA ROCHA

















ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO–
5º SEMESTRE – OBSERVAÇÃO E REGÊNCIA NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL.








Trabalho apresentado ao Curso de História da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Estágio Curricular Obrigatório II – 5º Semestre (150 horas)
Orientador: Profa. Érica Ramos Moimaz
Tutoreletrônico:
Tutor de sala: Eleni Aparecida Ribeiro
Pólo de Apoio Presencial:São João do Paraiso-MG




São Joao do Paraiso
2012


1- LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO

Ensinar historia e seus fundamentos

Diante dos diversos questionamentos decorrentes da temática de como licenciar adisciplina de história, o respectivo texto traz a tona a ótica de Marcos Silva e Selva Guimarães Fonseca ao campo da contemporaneidade. Ambos os autores inspiram-se em Keith Jenkins, na qual compreendem que a história é marcada por vastos acontecimentos, sendo praticamente impossível recuperar a totalidade destes, e ainda tais fatos estão condicionados às nossas próprias ideologias, crenças, frutos decurrículos marcados por tensões, conflitos, acordos, aproximações e distanciamentos. Um elo entre passado e presente estabelecido em um mundo multicultural com diversos caminhos a seguir e, cabendo ao docente oferecer um processo de aprendizagem pelo caminho mais comum e circunstancial ao ambiente em que se vive, priorizando alguns temas, sendo estes temas definidos sobre os olhares e diálogos dealunos, pais e comunidade. Um desafio proposto por SILVA e FONSECA. A proposta dos autores ruma à democracia e para a inclusão de povos antes excluídos e, que neste momento, estão presentes diretamente ou indiretamente dentro da sala de aula, casos como os dos negros, índios, pobres, homossexuais, portadores de deficiências físicas, mentais e outros. E neste multiculturalismo presente em um pequenoespaço que é a escola, o papel do professor de história se torna ainda mais fundamental para que se semeiem ideais de cidadania. Um respeito múltiplo e comum a uma sociedade diversificada, regida pelo respeito e princípios de moral e ética.
O texto de Maria Auxiliadora Schmidt e Marlene Cainelli oferece aos leitores da obra a oportunidade para entrar em contato com as propostasrecentes destinadas ao ensino de História. Salientam a importância de uma aula ministrada de forma clara, agradável e enriquecedora. Um projeto contínuo de aprendizagem recíproca entre docentes e discentes, através do diálogo e da relação entre o tema e a concepção do aluno sobre a mesma. As respectivas autoras apontam técnicas, métodos e recursos didáticos para que o ensino seja dinâmico eapreciativo perante a sala de aula. As estratégias de ensino elencadas pelas educadoras, considerando os métodos e técnicas aplicadas são procedimentos relevantes para a organização do saber, articulando elementos constitutivos do saber histórico com os do fazer pedagógico. Mutuamente proporcionando aos alunos a participação deste processo de fazer, contar e narrar a história. Schmidt e Cainelli apósmargear seus ideais do processo educativo do ensino da História nos dias atuais abordam em segundo plano os conceitos dos principais métodos utilizados hoje em sala de aula, e sobre eles dialogam com o leitor as técnicas e a eficácia destas em sua aplicabilidade.
Os fundamentos e métodos, da autora Circe Maria Fernandes Bittencourt é proporcionar ao leitor o conhecimento dos métodos...
tracking img