Estagio supervisionado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5940 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O









































CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO





PELO PRESENTE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO SOCIAL:

WALKIRIA NASCIMENTO CUNHA BRASILEIRA, SOLTEIRA, DATA DE NASCIMENTO, OPERADOR DE TELEMARKETING, Nº DO CPF Nº DO RG SSP- DF, RESIDENTE E DOMICILIADO NA ..........

MAYARA ROCHA PADILHA SETTE, BRASILEIRO, SOLTEIRO,05/11/1989, SERVENTUÁRIO DA JUSTIÇA, CPF N. RG N.º SSP-DF, RESIDENTE E DOMICILIADO NA BRASÍLIA/DF, DISTRITO FEDERAL CEP N.º71.735-500.

MARCELO PEREIRA RODRIGUES , BRASILEIRO, CASADO , DATA DE NASCIMENTO 14SSP- DF ,RESIDENTE E DOMICILIADO


GLETISON MILHOMEM, BRASILEIRO, CASADO, DATA DE NASCIMENTO 10/09/1987, ASSISTENTE DE PESSOAL , Nº DO CPF, RG SSP-DF, RESIDENTE E DOMICILIADO NA BRASÍLIA -DF .CEP -

RAMON SILVA, BRASILEIRO , SOLTEIRO, DATA DE NASCIMENTO 13/01/1991, CONSULTOR DE VENDAS ,

DO NOME EMPRESARIAL, DA SEDE E DAS FILIAIS

CLÁUSULA PRIMEIRA. A SOCIEDADE GIRA SOB O NOME EMPRESARIAL DE LEBRUM - SERIGRAFIA (ART. 997, II, CC/2002)

CLÁUSULA SEGUNDA. A SOCIEDADE TEM SEDE NA RUA18 LOTE 17 – POLO DE MODAS GUARÁ II -DF, CEP 71.000-000.

CLÁUSULA TERCEIRA. A SOCIEDADEPODERÁ, A QUALQUER TEMPO, ABRIR OU FECHAR FILIAL OU OUTRA DEPENDÊNCIA, MEDIANTE ALTERAÇÃO CONTRATUAL, DESDE QUE APROVADO PELOS VOTOS CORRESPONDENTES DOS SÓCIOS, NO MÍNIMO, A TRÊS QUARTOS DO CAPITAL SOCIAL, NOS TERMOS DO ART. 1.076 DA LEI N° 10.406/ 2002.


DO OBJETO SOCIAL E DA DURAÇÃO

CLÁUSULA QUARTA. A SOCIEDADE TEM POR OBJETO SOCIAL O COMÉRCIO E PRODUÇÃO DE PRODUTOS SERIGRÁFICOS. SEÇÃO: CINDÚSTRIAS DE TRANSFORMAÇÃO / DIVISÃO: 18 IMPRESSÃO E REPRODUÇÃO DE GRAVAÇÕES / GRUPO: 181 ATIVIDADE DE IMPRESSÃO / CLASSE: 1813-0 IMPRESSÃO DE MATERIAIS PARA OUTROS USOS / SUBCLASSE 1813-0/99 IMPRESSÃO DE MATERIAL PARA OUTROS USOS

CLÁUSULA QUINTA. A SOCIEDADE INICIARÁ SUAS ATIVIDADES NA DATA DO ARQUIVAMENTO DESTE ATO E SEU PRAZO DE DURAÇÃO É INDETERMINADO. (ART. 997, II, CC/2002)


DOCAPITAL SOCIAL E DA CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DAS QUOTAS
.
CLÁUSULA SEXTA A SOCIEDADE TEM O CAPITAL SOCIAL DE R$ CINQUENTA MIL REAIS (50,000,00 REAIS), DIVIDIDO EM 5 QUOTAS NO VALOR NOMINAL DE R$ DEZ MIL (10,000,00 REAIS) CADA UMA, INTEGRALIZADAS, NESTE ATO , EM MOEDA CORRENTE DO PAÍS, PELOS SÓCIOS, DA SEGUINTE FORMA:

SÓCIO Nº DE QUOTAS % VALOR R$
WALQUIRIA NASCIMENTO 1 20,00 10,000,00
MAYARASETTE 1 20,00 10,000,00
MARCELO P RODRIGUES 1 20,00 10,000,00
GLETISON MILHOMEM 1 20,00 10,000,00
RAMOM SILVA 1 20,00 10,000,00

CLÁUSULA SÉTIMA. AS QUOTAS SÃO INDIVISÍVEIS E NÃO PODERÃO SER CEDIDAS OU TRANSFERIDAS A TERCEIROS SEM O CONSENTIMENTO DO(S) OUTRO(S) SÓCIO(S), A QUEM FICA ASSEGURADO, EM IGUALDADE DE CONDIÇÕES E PREÇO DIREITO DE PREFERÊNCIA PARA A SUA AQUISIÇÃO, SE POSTAS À VENDA,FORMALIZANDO, SE REALIZADA A CESSÃO DELAS, A ALTERAÇÃO CONTRATUAL PERTINENTE. (ART. 1.056, ART. 1.057, CC/2002)

CLÁUSULA OITAVA. A RESPONSABILIDADE DE CADA SÓCIO É RESTRITA AO VALOR DE SUAS QUOTAS, MAS TODOS RESPONDEM SOLIDARIAMENTE PELA INTEGRALIZAÇÃO DO CAPITAL SOCIAL. (ART. 1.052, CC/2002)


DA ADMINISTRAÇÃO E DO PRO LABORE


CLÁUSULA NONA. A ADMINISTRAÇÃO DA SOCIEDADE SERÁ DE TODOSOS SÓCIOS, EM CONJUNTO OU SEPARADAMENTE, COM OS PODERES E ATRIBUIÇÕES DE REPRESENTAÇÃO ATIVA E PASSIVA NA SOCIEDADE, JUDICIAL E EXTRAJUDICIALMENTE, PODENDO PRATICAR TODOS OS ATOS COMPREENDIDOS NO OBJETO SOCIAL, SEMPRE DE INTERESSE DA SOCIEDADE, SENDO VEDADO O USO DO NOME EMPRESARIAL EM NEGÓCIOS ESTRANHOS AOS FINS SOCIAIS, NOS TERMOS DO ART. 1.064 DA LEI N° 10.406/2002.

§ 1º FICA FACULTADA ANOMEAÇÃO DE ADMINISTRADORES NÃO PERTENCENTES AO QUADRO SOCIETÁRIO, DESDE QUE APROVADO POR DOIS TERÇOS DOS SÓCIOS, NOS TERMOS DO ART. 1.061 DA LEI N° 10.406/ 2002.

§ 2º NO EXERCÍCIO DA ADMINISTRAÇÃO, OS ADMINISTRADORES TERÃO DIREITOS A UMA RETIRADA MENSAL, A TÍTULO DE PRO LABORE, CUJO VALOR SERÁ DEFINIDO DE COMUM ACORDO ENTRE OS SÓCIOS.

§ 3º AS ATIVIDADES A SEREM REALIZADAS NO ÂMBITO DA...
tracking img