Estagio relatorio de observação educação infantil

Professor Gedean Ribeiro
Relatório de Observação

Por: Maria Cristina Menardo Rios Daltro

No período de 28/03 à 01/04/2011, estive acompanhando as atividades escolares propostas, as atividades desenvolvidas pelos alunos, e o andamento das atividades, realizadas na Pré-Escola I, composta por 22 alunos com idade 4 anos, no período matutino, na referida Escola Municipal Enock Amaral,pautando-me no critério da Observação
No primeiro dia da observação, a professora me apresentou a sua turma que me recebeu muito bem e alguns inclusive me abraçaram e beijaram, outros apenas me disseram palavras de bem vinda. Teve momentos significativos, onde ocorreram varias didáticas, a professora interagia com os alunos na, mas perfeita harmonia, sabendo-se que o tempo era muito pouco e as atividadesuma por dia, mas a diferença estava na aplicação do contexto pedagógico, pois as crianças se envolviam plenamente. Durante o período de observação foi possível perceber que a professora tinha conhecimentos das teorias aplicadas e que na pratica conseguia utilizar desta de maneira dinâmica e prazerosa. Na aplicação de seus planos de aula, pois segundo o (RCN pág. 138).

“É importanteplanejar situações de comunicação que exijam diferentes graus de formalidade, como conversas, exposições orais, entrevistas e não só reprodução de contextos comunicativos informais“.

Foi possível perceber que antes das atividades proposta, a professora conversava fazendo perguntas, fatos e acontecimentos do cotidiano, ou canções relacionado ao assunto, às vezes tinha crianças que chegavam à escolachorando ou brigavam entre elas, a professora chamava em particular sem gritar, para conversar e mostra onde estavam erradas. Geralmente as atividades eram feitas em circulo, para que houvesse integração e troca de experiências, como é citado no (RCN pág. 138).

“A roda de conversa é o momento privilegiado de dialogo e intercambio de idéias. Por meio desse exercício cotidiano as criançaspodem ampliar suas capacidades comunicativas, como a fluência para falar, perguntar, expor suas idéias, dúvidas e descobertas, ampliar seu vocabulário e aprender a valorizar o grupo como instancia de troca e aprendizagem. A participação na roda permite que as crianças, aprendam a olhar e a ouvir os amigos, trocando experiências. Pode-se, na roda, contar fatos às crianças, descrever ações e promoveruma aproximação com aspectos mais formais da linguagem por meio de situações como ler e contar historia cantar ou entoar canções, declamar poesias, dizer parlendas, textos de brincadeiras infantis etc.”.

Na semana de observação o assunto foi à família circense, onde a professora enfatizou quem morava no circo? Contou a historia do palhaço Alekim e informou que no dia do seu aniversario dia27/03 se comemora o dia do circo. Ela junto com os alunos fizeram um cartaz onde foram listadas as pessoas que moravam no circo, alem disso ensinou a musica com o tema circo. As crianças elaboram uma série de idéias e hipóteses provisórias antes de compreender o sistema escrito em toda sua complexidade. A professora promoveu experiências significativas de aprendizagem da língua, por meio de umtrabalho com a linguagem oral e escrita, se constitui em um dos espaços de ampliação das capacidades de comunicação e expressão e de acesso ao mundo letrado pelas crianças. Essa ampliação está relacionada ao desenvolvimento gradativo das capacidades associadas às quatro competências lingüísticas básicas: falar, escutar, ler e escrever. Esse contexto segue no (RCN pág. 141).

“É de grandeimportância o acesso, por meio da leitura pelo professor, a diversos tipos de materiais escritos, uma vez que isso possibilita as crianças o contato com práticas culturais mediadas pela escrita. Comunicar práticas de leitura permite colocar as crianças no papel de “leitoras”, que podem relacionar a linguagem com os textos, os gêneros e os portadores sobre os quais eles se apresentam: livros, bilhetes,...
tracking img