Estado e sociedade, por marx, weber e gramsci

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (820 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTADO E SOCIEDADE POR MARX, WEBER E GRANSCI

Marx formulou seus princípios sobre o Estado sob o enfoque dos aspectos econômicos do sistema capitalista, notadamente no que se refere às relações deprodução e à conseqüente dominação da burguesia sobre o proletariado. O Estado, segundo o autor, que deveria diminuir as diferenças sociais, era instrumento de vontades da elite.
O cerne da críticaao sistema capitalista, então, vai recair na acumulação de riquezas que, provocada pela produção de excedentes, culmina com o surgimento das classes sociais e da propriedade privada. E é nesse cenárioque vão se desenvolver as lutas de classe, e que o Estado, utilizando-se de suas prerrogativas, e a pretexto de assegurar a ordem, vai reprimir as manifestações contrárias por meio da violência,ratificando o posicionamento da burguesia.
Assim, para Marx, o Estado é um mal que está á mercê da classe dominante e de seus interesses econômicos e que por ela é controlado. A conquista do Estado peloproletariado torna-se, em sua perspectiva, um passo para a emancipação dos proletários e o fim da propriedade privada. Com o Estado nas mãos do proletariado, esses conseguiriam imprimir na sociedadeuma cultura diferente daquela imposta pela burguesia, reduzindo as diferenças sociais e, por conseguinte, os conflitos.
Marx atribui os conflitos existentes em sua época a uma só causa: as diferençassociais. Nesse sentido, a existência do Estado só se justifica em razão dos conflitos existentes. Assim, superados os conflitos e estando os meios de produção sob controle de associações, asociedade poderia prescindir do Estado.
A interpretação do autor para os fatos da época, ao que sugere, não distingue a forma da essência. O Estado de Marx, que utiliza a opressão para assegurar a dominaçãoimposta pela elite, é o Estado concebido por essa mesma elite, sem nenhum vestígio de pluralidade. Ele não só reflete os interesses econômicos da classe dominante como personifica, em sua essência,...
tracking img