Estado nutricional de mulheres excesso de peso e sua relação com doenças cronicas nao transmissveis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5762 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

VALQUÍRIA LAURA MAGALHÃES DO CARMO

ESTADO NUTRICIONAL DE MULHERES, EXCESSO DE PESO E SUA RELAÇÃO COM DOENÇAS CRONICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS, ANO 2010.

CUIABÁ
2011
VALQUIRIA LAURA MAGALHÃES DO CARMO














ESTADO NUTRICIONAL DE MULHERES, EXCESSO DE PESO E SUA RELAÇÃO COM DOENÇASCRONICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS, ANO 2010.


Trabalho de conclusão de curso apresentado à Faculdade de Educação Física – UFMT, como requisito parcial para obtenção do grau de licenciado de Educação Física.
Orientador: Prof. Dario Alves Nunes

CUIABÁ
2011
FOLHA DE APROVAÇÃO

VALQUIRIA LAURA MAGALÃES DO CARMO

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado, para obtenção do grau de licenciaturaem Educação Física, à Universidade Federal de Mato Grosso, na Faculdade de Educação Física

Aprovado em Outubro de 2011

BANCA EXAMINADORA

____________________________________
Prof. Ms. Orientador Dario Alves Nunes
Universidade Federal de Mato Grosso
____________________________________
Prof. José Maria Campos Melo
Universidade Federal de Mato Grosso

RESUMO

Neste trabalhoprocurou-se Investigar o estado nutricional e verificar sua relação com possíveis doenças cardiovasculares relacionadas ao Índice de Massa Corporal em que se calculou o índice massa corporal (IMC) dividindo o valor do peso em quilos (kg) pelo quadrado da altura medida em metros (kg/m²) de acordo com a Organização Mundial da Saúde (1995). Esta avaliação foi efetivada em dois grupos de faixas etáriasdistintas compostas por 20 mulheres adultas em uma amostra que frequentaram um SPA no ano de 2010. Das vinte mulheres nove eram do grupo A e onze do grupo B. Desta amostra os resultado obtido foram: no grupo A 55% da amostra apresentou sobrepeso e no grupo B 45,4%. Na classificação de obesidade grau I o Grupo A apresentou 33,3% e no grupo B 36,3%. Assim como na classificação de obesidade grau I naobesidade grau II o grupo B superou os índices do grupo A ficando em 18,1% para o grupo B e 11,1% de representantes para o grupo A. Nesta amostra ninguém apresentou índices menores que 25 kg/m² o que sugere riscos para possíveis doenças crônicas nesta população.

Palavras-chave: Doenças cardiovasculares. Fatores de risco. SPA.

ABSTRACT

This work aimed to investigate the nutritional status andto verify its possible relationship to cardiovascular disease related to body mass index was calculated as body mass index (BMI) by dividing the value of the weight in kilograms (kg) by the square of height measured in meters (kg / m²) according to World Health Organization (1995). This assessment was made on two groups of different age groups consisting of 20 adult women in a sample that attendedan SPA in 2010. Of the twenty nine women were in group A and group B eleven From this sample the results were: Group A 55% of the sample were overweight and 45.4% in group B. In the classification of obesity grade I Group A showed 33.3% and 36.3% in group B. As in the classification of obesity in obesity grade I grade II group B outperformed the indexes being in group A 18.1% for group B and11.1% of representatives for the group A. In this sample showed no scores lower than 25 kg / m² suggesting possible risks for chronic diseases in this population.

Keywords: Cardiovascular diseases. Risk factors. SPA.

SUMÁRIO

RESUMO
ABSTRACT
INTRODUÇÃO 7
OBJETIVO 9
HIPOTESE 10
JUSTIFICATIVA 11
REFERENCIAL TEÓRICO 13
1 METODOS 17
1.1 TIPO DE PESQUISA 17
1.2 AMOSTRA 171.3 LOCAL DE ESTUDO 17
1.4 CRITÉRIOS DE INCLUSÃO 18
1.5 COLETAS DE DADOS 18
2 RESULTADOS E DISCUSSÃO 19
CONSIDERAÇÕES FINAIS 22
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 23

INTRODUÇÃO

Estudos recentes sobre a composição corporal apontam um segmento de sobrepeso e obesidade em países desenvolvidos devido a aspectos nutricionais de pessoas tanto no contexto mundial como no nacional....
tracking img