Estado de bem-estar social em fiori

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1159 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Estado de Bem-Estar na perspectiva de José Luís Fiori
O autor lança a questão se há realmente uma continuidade nas dinâmicas que denominam Welfare State nas várias manifestações políticas de proteção social. Estabelece um recorte historiográfico de três momentos: de 1536 à 1601, até o Plano Beveridge, o segundo momento que perpassa o Plano Marshall em 1964, e os aspectos contemporâneos doWelfare, que dialogam com uma ruptura das políticas sociais pré Segunda Guerra Mundial, e o Welfare contemporâneo, a partir do Plano Beveridge. Pauta suas análises nos estudos historiográficos que analisam os aspectos de intervenção social estatal no contexto capitalista. Para tal, utiliza os casos de Inglaterra e Alemanha. Na Inglaterra nota-se a estreita relação entre a centralizaçãodo poder e o nascimento do Estado absolutista, no contexto da mercantilização das terras, e uma legislação que pautava o disciplinamento do trabalho, mas que permitiu a instauração de dinâmicas assistencialistas. Na Alemanha, é identificada a relação entre a legislação bismarckiana e a repressão ao movimento socialista, porém havia distinções entre o assistencialismo e as diversasmanifestações de auxílio mútuo, tal disparidade estava assentada nas mediadas arraigadas sobre um núcleo permanente, concentrado em trabalhadores masculinos e na obrigação destes de contribuição compulsória, institucionalizando dinâmicas distintas do assistencialismo anterior. Diante desse contexto, emergia um paradigma corporativista, em que os direitos sociais eram ditados por um governo autoritárioque não refletia sobre as várias formas da cidadania política da sociedade civil da época. Nas análises contemporâneas do Welfare, Esping-Andersen, ressalta que “o Welfare State não pode ser compreendido apenas em termos de direitos e garantias. Também precisamos considerar de que formas as atividades estatais se entrelaçam com o papel do mercado e da família em termos de provisão social”. O quenos leva a reflexão assim de maneira mais densa, à cerca da complexidade e das várias facetas de manifestação das políticas do Welfare no contexto social, político e econômico. Fiori destaca sob as análises de Clauss Offe e Mirsha, quatro elementos para se pensar o Welfare no contexto contemporâneo: O primeiro deles está pautado pelos aspectos econômicos, manifestação na expansão do modelofordista, de um consenso suprapartidário que reflita os valores de crescimento e das dinâmicas do emprego, de um consenso paralelo a este que pense as políticas keynesianas, da solidificação de um ritmo constante de crescimento econômico, o que gera ganhos fiscais residentes nas coalizões políticas socialmente orientadas. O segundo elemento se funda na questão da criação de um elo entre oWelfare e as políticas econômicas internacionais, a partir da vigência dos acordos de Bretton Woods. O terceiro, através do clima solidário que emergiu nos países após a segunda guerra mundial, pautados na disparidade entre propostas de organização econômica e social excludentes, que consolidavam as convicções políticas dos governos envolvidos. O quarto está centrado no avanço dasdemocracias partidárias e reinvindicações de massa, que consequentemente aumentaram o peso das vozes dos trabalhadores, promovendo uma ascensão do movimento sindical e demais segmentos interessados no desenvolvimento das políticas do Welfare. Esping-Andersen destaca tipos de Welfare State, concentrados em três categorias: o welfare state liberal, os welfares states corporativistas econservadores e os regimes social- democratas. O primeiro privilegia a assistência aos pobres institucionalmente comprovados, em que a previdência social tem suas bases de habilitação arraigadas em estigmas sociais. O segundo se fundamenta na solidificação do status, legitimando assim a disparidade de classes, pecando na distribuição de seus recursos. E o terceiro, como elemento...
tracking img