Estágio em orientação educacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7530 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
“Onde crianças brincam, toda
utopia é possível”.
Fernando Brant
Ao brincarmos com uma criança estamos cooperando para que ela
aprenda a lidar com suas pulsões, buscando satisfazer seus desejos e vencendo as
frustrações. Estamos ensinando-a a agir estrategicamente diante das forças que
operam em sua volta e iremos despertar nela o prazer pela vida e ao enfrentamento dosdesafios com segurança e confiança.
Brincar com a criança é uma forma de demonstrar amor por ela. Ao
partilharmos uma brincadeira, estamos valorizando a atividade da criança e, se o
relacionamento acontecer sem autoritarismo, esta será uma excelente oportunidade
para elevar o seu autoconceito. A brincadeira é primordial e desenvolve a arte de amar.
A criança não pode ser considerada como um adultoem miniatura, nem deve crescer
só atendendo às solicitações dos adultos pois, assim, não desenvolverá autonomia nem
senso de responsabilidade. Se for respeitada em seus interesses e subsidiada em suas
buscas, certamente manterá vivo o prazer de aprender e fará da construção de seu
conhecimento uma deliciosa aventura.
A aprendizagem e o desenvolvimento podem ser estimulados através dos
jogospedagógicos de uma forma rica, criativa e agradável, preservando o prazer da
descoberta e a alegria contida nas atividades que contribuem para elevar o
conhecimento. Ao brincar, a criança exercita habilidades essenciais à saúde de suas
relações, como também a capacidade de lidar com os sentimentos que eles despertam
e os desejos, desenvolve a busca de competência para administrar situaçõescotidianas
com eficácia.
Que contribuições trarão os jogos pedagógicos no processo de aquisição
do conhecimento, em sala de aula, nas séries iniciais?
Os jogos trabalham várias áreas da vida da criança, principalmente o
desenvolvimento intelectual, o afetivo e a motricidade.
Vários são os motivos pela escolha do tema, mas principalmente porque
os jogos pedagógicos nas séries iniciaisrepresentam um recurso valioso na
aprendizagem da criança e oferecem muitas oportunidades para que ela vivencie
experiências diversas colaborando com seu desenvolvimento social, o exercitar do
raciocínio lógico, a elaboração de suas emoções e o despertar da sua criatividade.
Também, porque cada vez mais se utiliza o lúdico para colocar em prática o que as
pessoas querem aprender sobre si mesmas esobre suas relações, pois é uma
atividade que estimula o pensamento estratégico e coloca em cena os sentimentos
agregados aos comportamentos que se tem na atuação cotidiana.
Nos tempos da grande velocidade das inovações tecnológicas e do
mesmo intenso renascimento cultural, o indivíduo é a unidade básica de mudança. É
ele quem administra a tecnologia num mundo de complexidades em que as relaçõessão fundamentais para os bons resultados. O desenvolvimento pleno da pessoa para a
vida passa por sua capacidade de lidar com seus sentimentos e elaborar suas
experiências em busca de competência individual e em equipe. Daí a importância dos
educadores se instrumentalizarem na habilidade de utilizar os jogos pedagógicos como
fonte de desenvolvimento individual e de equipe. Usar de um jogopara elaborar uma
experiência lúdica que desenvolva a maturidade integral do ser, significa educar para
promover competência numa vida de realizações.
2. OBJETIVOS
2.1. OBJETIVO GERAL
“Toda criança é um ser
plausível de aprendizagem”
Piaget
•Analisar as contribuições dos jogos pedagógicos no processo de
aquisição do conhecimento em sala de aula das séries iniciais.
2.2. OBJETIVOSESPECÍFICOS
•Analisar as categorias socialização, cognição, afeição, motivação,
criatividade e psicomotricidade que as crianças desenvolvem com a
prática dos jogos pedagógicos.
•Enfatizar a relação entre o jogo e a aprendizagem na construção do saber
da criança.
•Elucidar o papel pedagógico e educativo que os jogos desempenham na
vida da criança.
3. REFERENCIAL TEÓRICO
(...) Se uma criança...
tracking img