Esquizofrenia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1395 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO
Esquizofrenia

Sueli Aparecida Ramos Chagas

MOGI GUAÇU-SP
2011

Introdução

A esquizofrenia é uma desordem cerebral crônica grave. Estudos demonstram que a esquizofrenia afeta 1% da população. Pessoas portadoras da esquizofrenia podem escutar vozes e acreditar que outros têm acesso aos seus pensamentos e estão a seguindo. Essa rotina é aterrorizante e causa grande transtornona vida da pessoa.
A seguir apresentarei um trabalho acadêmico que tem por objetivo descrever a esquizofrenia bem como o tratamento.

Origem da Esquizofrenia

A esquizofrenia no antigo grego significa parte do corpo identificada por fazer ligação entre o corpo e alma. É um transtorno psíquico severo que se caracteriza pelos seguintes sintomas:

Alteração do pensamento;
Alucinações(visuais, sinestésica, auditiva);
Delírios;
Alteração no contato com a realidade;
Transtorno grave de humor (antiga psicose maníaca depressiva), hoje fragmentada na CID – 10 em episódio maníaco depressiva grave ou transtorno bipolar.

Ou seja, a esquizofrenia compõe o grupo das psicoses.
A esquizofrenia talvez seja a psicopatologia de maior comprometimento ao longo da vida,caracteriza-se essencialmente por uma fragmentação da estrutura básica dos processos de pensamento, acompanhada pela dificuldade em estabelecer a distinção entre as experiências externas e internas. Embora primariamente um transtorno que afeta os processos cognitivos (de conhecimento), seus efeitos repercutem-se também no comportamento e nas emoções.

Sintomas positivos

Estão presentes com maiorvisibilidades na fase aguda do transtorno e são as perturbações mentais muito fora do normal, como que acrescentadas as funções psicológicas do indivíduo.
Entendem-se como sintomas positivos os delírios, idéias delirantes, pensamentos irreais, idéias individuais do doente que não são partilhadas por um grande grupo. Exemplo: um individuo que pensa que está sendo perseguido pela políciasecreta e acha que é o responsável pelas guerras do mundo.
As alucinações são perturbações irreais, sendo ver, ouvir, saborear ou sentir algo irreal. É mais freqüente alucinações auditivo-visuais, pensamento e discurso individualizado, elaboração de frases sem qualquer sentido ou invenção de palavras e alteração do comportamento, ansiedade, impulso e agressividade.

Sintomas negativos

Ossintomas negativos são resultado de perda ou diminuição da capacidade mental. Acompanha a evolução da doença e refletem um estado deficitário e relações interpessoais, como a falta de vontade e iniciativa. Isolamento social, apatia, indiferença emocional, pobreza do pensamento.

Todos os sintomas não se manifestam no indivíduo esquizofrênico. Algumas pessoas vêem mais afetadas d que outras,podendo muitas vezes ser incompatível com uma vida normal. No entanto, alguns sintomas podem oscilar, aparecer ou desaparecer em ciclos de recessivas e remissões.
Não há, contudo sinais nem sintomas patognomônicos da doença, podendo ser de alguma forma referência a um quadro prodrômico que são em grande parte sintomas negativos. Exemplo: Inversão do ciclo social, isolamento, perda de interesse poratividades anteriormente agradáveis, apatia, descuido da higiene, idéias bizarras, comportamento pouco habituais, entre outras. Posteriormente a esta fase surgem os sintomas positivos.

População atingida

De acordo com algumas estatísticas, a esquizofrenia atinge 1% da população mundial, manifestando-se habitualmente entre 15 a 25 anos, com proporção semelhante entre homens e mulheres,podendo igualmente ocorrer na infância ou na meia idade.

Causas

Não existe uma causa única para o desencadear desse transtorno. Assim como o prognóstico é incerto para muitos quadros, a etiologia das psicoses principalmente da esquizofrenia, é incerta ou melhor, a causa tem múltiplos fatores. Admite-se hoje que várias causas concorrem entre si para o aparecimento, como:

Quadro psicológico...
tracking img