Esquizofrenia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1529 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Esquizofrenia
A esquizofrenia atinge cerca de 1% da população e normalmente se inicia antes dos 25 anos de idade, persiste por toda a vida e afeta pessoas de todas as classes sociais. Tanto os pacientes quanto suas famílias muitas vezes recebem cuidados insuficientes e são submetidos a ostracismo social devido à grande ignorância a respeito do transtorno. Embora seja discutida como umaúnica doença, engloba um grupo de transtornos com etiologias heterogêneas e inclui pacientes com apresentação clinica, resposta ao tratamento e curso da doença muito variados. Os clínicos devem estar cientes de que o diagnóstico de esquizofrenia baseia-se fundamentalmente na história psiquiátrica e no exame do estado mental, uma vez que não existe exame laboratorial para tal condição.
EPIDEMIOLOGIA:-Gênero e idade: é prevalente em ambos os sexos, porém o início é mais precoce em homens. As idades de pico do início são entre 10 e 25 anos para os homens e entre 25 e 35 anos para as mulheres. Os homens têm também maior probabilidade de sofre sintomas negativos.
- Infecções relacionadas à sazonalidade do nascimento: um achado significativo em pesquisas é que pessoas nascidas no inverno e noinício da primavera tem maior probabilidade de desenvolverem o transtorno dos que as que nascem no fim da primavera e no verão. Uma hipótese é que um fator de risco específico da estação como um vírus ou uma alteração na alimentação sazonal pode influenciar nesses casos. Outra hipótese é que pessoas com predisposição genética para esquizofrenia têm menos vantagem biológica para sobreviver aadversidades especificas da estação.
- Fatores reprodutivos: o uso de drogas psicoterapêuticas, as políticas de portas abertas dos hospitais, a desinstitucionalização dos hospitais públicos, a ênfase na reabilitação e o atendimento comunitário levaram ao aumento nos casamentos e nas taxas de fertilidade entre os portadores de esquizofrenia, aumentando o número de crianças com pais esquizofrênicos.Parentes biológicos em 1º grau tem risco 10 vezes maior de desenvolver a doença.
- Doenças médicas: a taxa de mortalidade decorrente de acidentes e de causas naturais é mais alta para pessoas com esquizofrenia. Isso pode ser ligado ao fato de que o diagnóstico e o tratamento de condições médicas e cirúrgicas nesses pacientes pode representar um desafio clinico.
Risco de suicídio: o suicídio éuma das causas principais de mortalidade entre pessoas que sofrem de esquizofrenia.
Uso de substâncias: Tabagismo: 75% dos pacientes com esquizofrenia fumam comparados com os que tem problemas psiquiátricos como um todo.
Outras substâncias: abuso e dependência de álcool, maconha e cocaína são as mais citadas. A maioria dos estudos associou a co-morbidade dos transtornos relacionados asubstâncias com mau prognóstico.
ETIOLOGIA:
Modelo de diátese-estresse: segundo esse modelo para a integração de fatores biológicos, psicossociais e ambientais, uma pessoa pode ter uma vulnerabilidade específca (diátese) que, quando influenciada por um estressor, permite que os sintomas da esquizofrenia se desenvolvam. Nesse modelo, a diátese ou o estresse podem ser biológicos, ambientais ou ambos. Ocomponente ambiental pode ser biológico (p. ex. uma infecção) ou psicológico (p. ex. uma situação familiar estressante ou a morte de um parente próximo). A base biológica da diátese pode ser ainda mais modelada por influências epigenéticas, como abuso de substâncias, estresse psicossocial e trauma.
Neurobiologia: A causa da esquizofrenia é desconhecida, porém na última década no entanto pesquisasindicaram um papel fisiopatológico para determinadas áreas do cérebro, incluindo o sistema límbico, o córtex frontal, o cerebelo e os gânglios basais. Essas 4 áreas estão interligadas de modo que uma disfunção em uma delas pode desenvolver um processo patológico primário em outra.
Hipótese da dopamina: a formulação mais simples postula que o transtorno resulta do excesso de atividade...
tracking img