Esquistossomose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3602 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
A esquistossomose é uma doença parasitária, causada pelo trematódeo Schistosoma mansoni, que apresenta os seres humanos como hospedeiros definitivos (HD) e o caramujo como hospedeiro intermediário (HI). Estes parasitas são multicelulares platelmintas do gênero Schistosoma. Existem três espécies de vermes do gênero Schistosoma mais significativos: o S.mansoni, o S. japonicum e o S.haematobium9. Das três espécies de Schistosoma que habitualmente parasitam o homem, somente o S. mansoni existe nas Américas, em virtude da inexistência de moluscos suscetíveis aos demais helmintos.
O Schistosoma mansoni, tem a água como veículo de transmissão, uma vez que o seu HI é uma espécie de água doce. A doença é caracterizada por uma fase aguda, muitas vezes despercebida e uma crônica,na qual podem aparecer as formas graves, evidenciadas principalmente pela hipertensão porta ou pulmonar1.
Entre as parasitoses que afetam o homem, a esquistossomose é uma das mais disseminadas no mundo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) ocupa o segundo lugar pela sua importância e repercussão sócio-econômica.
No Brasil, a doença é popularmente conhecida como “xistose”, “barrigad’água” ou “mal-do-caramujo” e atinge milhões de pessoas. O país é considerado uma das maiores regiões endêmicas dessa doença em todo o Globo2 constituindo importante causa de morbidade e mortalidade da população. Estima-se que aproximadamente 25 milhões de pessoas que vivem nas zonas rurais e agricultáveis ou nas áreas periféricas de algumas cidades brasileiras, estejam expostas ao risco decontrair a doença, e que 2,5 a 6 milhões se encontram infectadas3.
O objetivo desta revisão bibliográfica é trazer ao leitor uma visão geral da etiologia e da patogênese da esquistossomose, seus aspectos patológicos, determinantes de maior importância para seu desenvolvimento e manifestações clínicas, uma vez que a esquistossomose é uma doença compulsória4.

2. REVISÃO DE LITERATURA
2.1HISTÓRICO
Acredita-se que no Brasil a doença foi introduzida em meados do século XVI, com o tráfico de escravos21, que desembarcavam no porto de Recife e eram levados para as lavouras de cana-de-açúcar e café, tornando assim as regiões Nordeste e Sudeste às primeiras atingidas pela doença.
Decorrente da abolição da escravatura, os movimentos migratórios aumentaram e com eles o número de infectados pelopaís. No início do século XX, a associação de um elevado número de portadores, moluscos transmissores favorecidos pelo meio ambiente e precárias condições sanitárias criaram excelentes condições epidemiológicas para a manutenção da doença17.

2.2 ETIOLOGIA
O Schistosoma é um parasito de interesse médico, da classe Trematoda, família Schistosomatidae, subfamília Schistosomatinae. Apresentamdimorfismo sexual5 e pode ser encontrado na forma de vermes adultos, ovos, miracídios, esporocistos, cercárias e esquistossômulos.
O verme adulto tem seu habitat nas vênulas do plexo hemorroidário superior e nas ramificações mais finas das veias mesentéricas, particularmente da mesentérica inferior6, porém são, às vezes, encontrados em outras localizações como pulmões, baço, pâncreas e bexiga7possuindo importante longevidade‚ em geral, de três a cinco anos, podendo chegar a 25 anos. Estima-se que o número de helmintos por indivíduo infectado possa variar entre 4 e 2.000 6. A carga parasitária é importante na avaliação da intensidade da infecção, com implicações na epidemiologia, tratamento e morbidade da doença, uma vez que quanto maior o número de helmintos maior será a disseminação dadoença.

2.3 ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS
A esquistossomose é uma doença de ocorrência tropical, registrada em 54 países, principalmente na África e América. Na América do Sul, destacam-se a região do Caribe, Venezuela e Brasil.14 Na África e Leste do Mediterrâneo, atinge as regiões do Delta do Nilo e países como Egito e Sudão. No Brasil, a doença foi descrita em 18 estados e no Distrito Federal,...
tracking img