Esporte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1862 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Pamela Nayzi Moreira Soares
Victor Kendy Kozina

PROJETO DE PESQUISA: Quais fatores influenciam para que o número de mulheres que atuam como técnicos de futebol profissional sejam tão pequenos.

PARANAVAÍ
2011

Pamela Nayzi Moreira Soares
Victor Kendy kozina

PROJETO DE PESQUISA: Quais fatores influenciam para que o número de mulheres que atuam como técnicos de futebol profissionalsejam tão pequenos.

Trabalho apresentado a Universidade Estadual do Paraná, para avaliação na disciplina de metodologia do trabalho cientifico, da 1ª série do curso de Licenciatura em Educação Física, ministrado pelo professor Wesley

PARANAVAÍ
2011

PROJETO DE PESQUISA: Quais fatores influenciam para que o número de mulheres que atuam como técnicos de futebol profissional sejam tãopequenos.

Resumo

A mulher, em geral, sempre sofreu preconceitos para praticar esportes e principalmente, no caso específico do futebol. Assim, o objetivo deste trabalho é desvelar e explicitar as discriminações e preconceitos associados à questão de gênero, a partir da prática do futebol feminino e da mulher como profissional deste esporte a frente das equipes no Brasil. Mais especificamente,procurou-se compreender as razões para o início tardio da participação feminina no esporte no país e sua dificuldade em ingressar neste mercado de trabalho, bem como analisar as interfaces e desdobramentos desta prática. A pesquisa possui caráter qualitativo e bibliográfico, alinhando-se com os Estudos de Gênero com foco nas mulheres. Para atingir tais objetivos serão analisadas matérias dejornais e entrevistas concedidas pelos técnicos e técnicas de futebol . Além disso, procedeu-se uma análise de artigos, teses e trabalhos de conclusão de curso realizados no Brasil, tendo como foco a temática do futebol. Entretanto, são necessárias estratégias para promoção da equidade de gênero nesta modalidade tanto atuando no campo como jogadora como treinadoras ou tecnicas, na qual mulheres aindasofrem preconceitos.

Palavras chaves: Gênero. Mulheres. Futebol Mídia. História.

INTRODUÇÃO

A hegemonia do futebol enquanto prática desportiva no Brasil é apontada por diversos autores, jornalistas e cronistas brasileiros, sendo considerada uma paixão nacional, porém a participação das mulheres no futebol é cercada por preconceitos socioculturais, e não foge a regra a mulher comoprofissional a frente de equipes de futebol.
A vivência dos autores nesta modalidade esportiva despertou o interesse de pesquisar os aspectos que dificultam o desenvolvimento desta prática esportiva enquanto profissão por mulheres em no Brasil.
Sendo assim criou-se este projeto com finalidade de levantar dados que indique qual a dificuldade que a mulher encontra para se inserir neste campo detrabalho enquanto treinadora ou técnica de equipes de futebol. Esta discussão se iniciou uma vez que os autores (SOARES, e KOZINA, ) são atletas do esporte citado e futuros profissional de Educação Física, estes se encontraram com a seguinte indagação .” Por que o numero de mulheres a frente de equipes de futebol é tão pequeno? Quais os problemas que as mulheres encontram para chegar a tal posição?Dentre os conteúdos abordados para inserir as discussões, esta o futebol, e especialmente o futebol feminino pra se chegar a uma conclusão lógica.. Buscou-se contextualizar a prática desportiva feminina no contexto da prática do futebol em específico, desde suas origens, prática que podemos adiantar como estigmatizada e que acompanha, de certa forma, a própria evolução da equiparação dosdireitos das mulheres ao dos homens, tomando assim nota na fundamentação teórica de como a participação das mulheres no futebol é cercada por preconceitos socioculturais. Enfim, se no Brasil, país cinco vezes campeão mundial e referência em termos futebolísticos, a mulher ainda busca afirmação dentro das quatro linhas do gramado, a dificuldade para a mulher chegar na posição de técnica não seria...
tracking img