Espiritualidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5239 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
----------------------- Page 1-----------------------

2. Espiritualidade



Curso de formação Espiritualidade é o que move!

para Assessores da PJMSendo Espírito o sopro da vida, não podemos imaginar que ele acon-

teça somente de tempos em tempos na vida das pessoas. Se deixamos derespirar, morremos. Assim a espiritualidade é uma dimensão vital e não

Dimensão Espiritual parcial. Não podemos dividi-la em momentos, ou vivê-la em momentos ou

Se permitires que o que está em teu interior se manifeste te tempos especiais. Mas então,o que é espiritualidade, senão nossa humani-

salvarás. Porém, se não o fizeres, te destruirás. dade, nosso jeito de ser e nos sentir em profundidade?

(Evangelhos Apócrifos)

Leonardo Boff conta um fato muitointeressante que teve em um

Gustavo Balbinot | Assessor de Espiritualidade Apostólica Marista encontro com Dalai-Lama e que traz presente o sentido da espiritualidade.

Coordenação de Vida Consagrada da Província Marista do Rio Grande do Sul Segue.Uma vez fizeram esta pergunta ao Dalai-Lama e ele deu uma resposta

extremamente simples: “Espiritualidade é aquilo que produz no ser

1. Etimologia da palavra Espíritohumano uma mudança interior”.

A palavra espírito tem sua raiz etimológica do Latim spiritus, signifi-

Não entendendo direito, alguém perguntou novamente:

cando "respiração" ou "sopro". Na Vulgata, a palavra em Latim é traduzida

a partir do grego "pneuma"(πνευμα), que significa ar, respiração. - Mas se eu praticar a religião e observar as tradições, isso não é espirituali-

dade?

Em hebraico espírito é ruah, sopro de vida, impulso, vigor: “segundo

Gn 2,7 o próprio Deus que criou todos os viventes,infundiu seu hálito de O Dalai-Lama respondeu:

vida no ser humano. Este hálito, força, vigor e impulso, é, na revelação

bíblica, a manifestação do Espírito, que nunca se define, mas deixa sua - Pode ser espiritualidade, mas, se não produzir em você uma transforma-

impressão” (ESPEJA, 1994, p. 29) .ção, não é espiritualidade. E acrescentou:



O Espírito não é uma parte do ser humano. Aqui é muito importante - Um cobertor que não aquece deixa de ser cobertor.



superar a compreensão dualista, platônica, aristotélica de “corpo e alma”. Então atalhou a pessoa:

Repetimos hoje, inúmeras vezes esta dualidade quando...
tracking img