Espematogenese e ovogenese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1274 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO CLARETIANO
COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO EaD

















ELIOENAI DA SILVA CAMPOS
RA1095619




Curso: Licenciatura ciências biológicas
Nome da disciplina.Biologia do desenvolvimento
Aluno: Elioenai da Silva Campos
























Pólo de São Miguel do GuaporéRondônia



Março de 2013


DIFERENÇAS ENTRE ESPERMATOGÊGESE E OVOGÊNESE

INTRODUÇÃO
A reprodução sexuada começa com a formação dos gametas, processo denominado gametogênese. A gametogênese ocorre nas gônadas.
Como são dois os tipos de gameta, existem dois tipos de gametogênese: a espermatogênese, que é o processo de formação dos espermatozóides, e a ovogênese ou ovulogênese, que é o processo deformação de óvulos.
Os espermatozóides são formados nas gônadas masculinas (testículos) e os óvulos, nas gônadas femininas (ovários).

ESPERMATOGÊNESE
A espermatogênese inicia-se já durante o desenvolvimento embrionário. Nos testículos do embrião, células diplóides denominadas células germinativas primordiais passam a sofrer sucessivas divisões mitóticas, dando origem a vários espermatogônias. Estascontinuam a se dividir por mitose durante toda a vida do homem, sendo, no entanto, um processo lento ate ele atingir a puberdade. Depois, intensifica-se muito, declinando novamente na velhice
A partir da puberdade, que geralmente ocorre entre os 13 e os 16 anos de idade dos homens, essas espermatogônias iniciam intensa proliferação por mitose aumentando em numero. No entanto algumasespermatogônias não permanecem nesse processo de intensa divisão mitótica, seguindo outro caminho: passam por modificações, aumentam de tamanho e diferenciam-se formando outro tipo celular diplóide, denominado espermatócito primário.
Os espermatócitos primário entram em meiose ao final da meiose I formam-se os espermatócitos secundários que são células haplóide com n cromossomos duplicados. Estas célulasentram em meiose II e dão origem as espermátides, que também são células haplóides. Inicia-se agora uma fase sem divisão celular, denominada espermiogênese, em que as espermatides se transformam em espermatozóides. De cada espermatócito I formam-se quatro espermatozóides.
Na espermiogênese ,os espematócitos II passam por profundas modificações.
O espermatozóide já diferenciado pode ser dividido emtrês regiões:cabeça(peça principal), peça intermediaria e calda.
Na cabeça do espermatozóides situam-se o núcleo e o acrossomo ou capuz acrossômico.Esse capuz é uma transformação do complexo golgiense e é onde estão as enzimas que irão digerir os envoltórios do ovócitos II na fecundação.
A peça intermediária apresenta muitas mitocôndrias, responsáveis pela liberação da energia necessárias àmovimentação do espermatozóides. A peça intermediária é uma região especializada da calda. Esta é um flagelo modificado, responsável pelo deslocamento do espermatozóide.
*Em seu período de maturação, cada espermatócito primário sofre uma divisão redutora ou 1ª divisão meiótica, formando dois espermatócitos secundários, que são haplóides e com aproximadamente metade do tamanho da célula-mãe. Como em todameiose, ocorrem duas divisões sucessivas, os espermatócitos secundários sofrem outra meiose, formando quatro células haplóides, as espermátides, com metade do tamanho das células-mãe. Após este período de maturação, as espermátides se diferenciam em espermatozóides, processo chamado de espermiogênese, ou período de diferenciação. A espermiogênese pode levar até 64 dias.
* O tempo de crescimento émais rápido, em relação á ovogênese. 
* O tempo que leva a germinação é longo, em relação á ovogênese. [pic]

OVOGÊNESE
A ovulogênese inicia-se ainda no período embrionário.Células germinativas primordiais (2n) do ovário dividem-se por mitoses sucessivas,formando várias ovogônias (ou oogônias) diplóides.Estas também sofrem várias mitoses,formando novas ovogônias.Algumas delas começam a...
tracking img